Home Futebol Renato Maurício Prado se rende ao Flamengo de Tite: “Vitória de campeão”

Renato Maurício Prado se rende ao Flamengo de Tite: “Vitória de campeão”

Comentarista chegou a criticar a escalação do Flamengo escolhida por Tite antes da partida, mas depois elogiou resultado

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Tite, Luiz Araújo

Tite e Luiz Araújo em ação em jogo do Flamengo (Gilvan de Souza / Flamengo)

Renato Maurício Prado, o RMP, destacou que a vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG por 4 a 2, na Arena MRV, em Belo Horizonte, foi uma “vitória de campeão” da equipe rubro-negra comandada por Tite.

PUBLICIDADE

Citando um termo que alcunhou quando vários jogadores do Flamengo foram convocados para a Copa América – e outros se lesionaram -, a “travessia no deserto”, Renato Maurício Prado deixou claro que os jogos com problemas do treinador se tornaram uma “aventura maravilhosa” para o time.

“Um massacre do Flamengo no Atlético-MG em plena Arena MRV. Vitória de líder, vitória de campeão. A travessia do deserto está virando uma aventura maravilhosa”, exaltou o comentarista em sua conta no X (antigo Twitter).

PUBLICIDADE

Renato Maurício Prado havia criticado escalação do Flamengo

No momento em que o Flamengo divulgou a escalação para o duelo contra o Atlético-MG, com vários jogadores poupados, como Léo Pereira, Pulgar e Pedro, que ficaram no banco de reservas, Renato Maurício Prado fez questão de compartilhar e tecer críticas a Tite. Para o comentarista, o técnico do Flamengo resolveu “poupar na hora errada”.

Segundo ele, antes do jogo, o treinador não deveria ter sacado Pedro do time para colocar Carlinhos. Vale destacar que Carlinhos marcou o segundo gol do Flamengo na partida, seu primeiro com a camisa da equipe, e Pedro entrou no segundo tempo para contribuir com uma assistência na vitória por 4 a 2.

O Flamengo venceu o Atlético-MG por 4 a 2 com gols marcados por Bruno Henrique e Carlinhos, no primeiro tempo, e depois por Ayrton Lucas, já no segundo tempo. Hulk diminuiu, de pênalti, para o Galo, mas Bruno Henrique marcou o quarto do Fla na partida. Nos minutos finais, Hulk ainda teve tempo para diminuir o prejuízo do Atlético-MG jogando em casa.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial