Home Futebol Zetti aponta goleiro diferenciado do futebol brasileiro: “Dominou”

Zetti aponta goleiro diferenciado do futebol brasileiro: “Dominou”

Ex-jogador citou algumas referências e revelou relação tida com antigo companheiro de time em tempos que defendia as cores do Palmeiras

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Zetti, ex-goleiro

Zetti durante entrevista ao podcast "Denílson Show" (Reprodução - YouTube)

Convidado do podcast “Denílson Show” nesta segunda-feira (08), o ex-goleiro Zetti relembrou marcantes na vitoriosa carreira e teve que apontar um profissional no qual se espelhou. Embora tenha citado vários nomes que marcaram determinadas fases de sua trajetória no futebol, ele exaltou o também multicampeão Emerson Leão, figura exponencial na história da seleção brasileira.

PUBLICIDADE

Ao ser indagado por Denílson sobre inspirações, Zetti relembrou o início de carreira, ainda como aspirante no Guarani, e posteriormente mencionou Leão, com quem disputou titularidade no Palmeiras na década de 1980.

“Eu aprendi muito convivendo com Birigui que era o goleiro da época, o Cidimar também, que eu aprendi muito somente olhando. Sidnei Poli também. Esses foram referências como adolescente”, iniciou Zetti, citando Leão na sequência.

PUBLICIDADE

“No Palmeiras, eu tinha muita referência pelo Carlos, que era da Ponte Preta, e pelo Leão, que depois veio jogar no Palmeiras, e eu fui reserva dele. Leão, goleiro de quatro Copas do Mundo, um cara que dominou o gol por muito tempo. Convivendo com o Leão, ele me falava para não seguir coisas ruins dele. Aí tem Waldir Perez, Paulo Victor, Paulo Sergio, eram os caras que eu gostava de me espelhar”, pontuou o ex-jogador.

Zetti mostra confiança com nova fase da seleção brasileira

Ainda na entrevista, o campeão da Copa do Mundo de 1994 abordou o início de trabalho do escrete canarinho sob o comando de Dorival Júnior. Na entrevista, que foi gravada antes da disputa da Copa América, o ex-jogador disse estar depositando fichas em uma remontada da seleção.

No papo, ele destacou que o time não possui mais a dependência de Neymar, e começa a dividir funções com outros nomes de destaque, seguindo assim uma linha habitual e que deu certo para a equipe dona de cinco estrelas em Mundiais.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial