Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Adidas cria plano de 3 etapas para tornar produtos biodegradáveis até 2030

Patrocinadora de grandes clubes e atletas do esporte mundial, a Adidas buscar acabar com lixo plástico em uma década

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Divulgação/Adidas

Uma das empresas mais famosas no mundo do esporte, a alemã Adidas criou um plano para acabar com o lixo plástico nos próximos anos. Fabricante de cerca de 900 milhões de novos itens lançados anualmente, tais como equipamentos esportivos, a empresa quer aumentar o desempenho de seus atletas, mas se preocupa com o descarte e a reutilização de seus materiais.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Por não ser biodegradável, o plástico traz grandes problemas à natureza. Pensando nisso, a Adidas vem montando uma estratégia para diminuir o impacto de seus produtos na natureza desde 2015. Na época, a marca lançou 7 mil pares de sapatos usando material pescado fora do oceano, aumentando para 11 milhões logo em seguida.

“Sabemos que o plástico representa a maior parte dos materiais que usamos. E sabemos que não há como jogar plástico fora; no melhor dos casos, é gerenciado de maneira responsável em um aterro e, no pior dos casos, acaba nas praias de uma cidade costeira. Por isso, criamos estratégias para assumir a responsabilidade pelo plástico que estamos introduzindo no mundo. As estratégias incluem tudo, desde redesenhar seus produtos para garantir que eles possam ser reciclados facilmente até ampliar seu uso de plástico recuperado de garrafas de água antigas e resíduos oceânicos”, diz o vice-presidente de estratégia de marca da Adidas, James Carnes.

A Adidas está pronta para revisar e solucionar todos os problemas com lixos plásticos, de acordo com Carnes. Com isso, criaram um projeto com três etapas para os próximos anos, começando com a utilizando material reciclado em escala até 0 ano de 2024.

Todo poliéster utilizado pela Adidas será reciclado. Etiquetas indicarão de onde vem o material. O rótulo PrimeGreen serão derivados de garrafas de água recicladas. Os PrimeBlue virão do plástico do oceano, fornecidos por uma organização sem fins lucrativos chamada Parlay.

Na sequência do projeto, a Adidas pretende criar produtos que sejam facilmente recicláveis. Isso envolve a reformulação de produtos do zero e terá de contar com a ajuda de seus clientes. A empresa estuda a possibilidade de etiquetas de devolução ou sapatos temporários para que o uso do material seja cíclico.

O último passo é transformar os produtos em biodegradáveis. “Queremos criar um sistema circular, mas isso depende da reciclagem dos produtos pelos consumidores. Se fabricarmos um produto que retornará à Terra, será responsabilidade deles fechar o ciclo”, disse Carnes.

No Brasil, a Adidas patrocina equipes como Cruzeiro, Flamengo, São Paulo e Internacional. Real Madrid, Bayern de Munique e a seleção argentina são algumas das equipes que também utilizam uniformes da empresa alemã. Entre os jogadores, nomes como Lionel Messi, Gabriel Jesus, Marcelo e Bale são alguns dos mais expressivos.

LEIA MAIS:

Novas chuteiras usadas por Messi, Pogba e Salah são lançadas pela Adidas

Dia dos aposentados: 10 jogadores que penduraram as chuteiras no ano passado