Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

De Riquelme a Valdívia; relembre 10 craques estrangeiros que jogaram o Pré-Olímpico

De Riquelme a Guerrero, alguns jogadores de renome já defenderam suas respectivas seleções no Pré-Olímpico Sul-Americano

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Getty Images

Neste final de semana, o Pré-Olímpico está de volta ao calendário do futebol. Depois de um hiato, o futebol sul-americano volta a ter uma campeonato classificatório para os Jogos Olímpicos, com duas vagas para Tóquio-2020 à disposição.

E muitos craques e jogadores de renome do futebol sul-americano, além de brasileiros, já desfilaram nos gramados do torneio. O Torcedores.com relembra nomes lendários que já jogaram o torneio,

Riquelme

Em 2000, a então grande revelação do Boca Juniors disputou com a Argentina o Pré-Olímpico, então, disputado no Brasil. Foi apenas um gol do jogador, contra a Bolívia. E não conseguiu fazer a Albiceleste se classificar para os Jogos de Sydney

Guerrero

Em 2004, o Peru sequer passou da primeira fase. Mas Paolo Guerrero mostrou seu poder de força, anotando três vezes. O atual atacante do Inter começaria sua trajetória que o levaria para sucesso tanto fora como dentro do Brasil.

Higuita

A Colômbia não conseguiu a classificação para as Olimpíadas de Seul-88, mas o goleiro mais ‘louco’ do futebol colombiano foi titular de sua seleção no Pré-Olímpico do ano anterior, inclusive enfrentando o Brasil por duas vezes, com uma vitória na primeira fase e derrota na fase final.

Tévez

A Argentina teve com sua seleção olímpica um ano de 2004 para jamais esquecer. Conquistou a classificação para os Jogos de Atenas e ainda levou a medalha de ouro. Muito disso tem o dedo e os pés de Carlitos, então astro em ascensão do Boca Juniors. Foi apenas um gol na competição classificatória, sobre a Bolívia. Mas na Olimpíada, brilhou e foi artilheiro

Gamarra e Arce

Ambos foram grandes estrelas do Paraguai nos anos 90, para alegrias de colorados, corintianos, gremistas e palmeirenses. Em 1992, foram titulares e ajudaram sua seleção a conquistar a vaga para os Jogos de Barcelona, ambos titulares daquele time

Valdívia

O ‘Mago’ nem sonhava em vestir verde e branco e ir para o Palmeiras quando jogou em 2004 o Pré-Olímpico pelo Chile. O meia atuou duas vezes contra o Brasil e deixou sua marca apenas uma mês em todo o torneio. Insuficiente para levar os chilenos para Atenas

Simeone

O atual técnico do Atlético de Madrid também atuou em competições pré-olímpicas. Em 1992, o então volante argentino jogou a competição classificatória para Barcelona. Mas sua equipe sequer saiu da primeira fase. Apesar disso, foi outro a deixar sua marca

Rodolfo Rodríguez

Para os torcedores do Santos, um dos maiores goleiros de sua história. Para os uruguaios, um dos grandes arqueiros de sua seleção. Em 1976, o goleiro atuou na competição e foi outro a encarar o Brasil, com empate por 1 a 1 no duelo com os brasileiros

Verón

La Brujita esteve em campo em 1996 no Pré-Olímpico que levou a Argentina para os Jogos de Atlanta. Apesar de ter ficado de fora do time titular em jogos da fase final do torneio, esteve no time que se classificou. Mas não jogou em Atlanta na campanha da prata.

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial CONMEBOL)