Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Diretor do Corinthians detalha oferta ao Goiás por Michael e diz: “É uma aposta. Tem limite”

Corinthians está tentando a contratação do atacante Michael desde o começo de dezembro do ano passado

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Rosiron Rodrigues/Goiás E.C.

O atacante Michael, do Goiás, entrou no radar do Corinthians no fim da temporada passada em lista de reforços do técnico Tiago Nunes e uma oferta foi enviada ao Goiás pela compra por metade dos direitos econômicos. Entretanto, a equipe esmeraldina não aceitou os valores oferecidos e o Timão optou em não subir os valores pela revelação do Campeonato Brasileiro de 2019.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Com o meu BMG Corinthians o seu time sempre ganha. Abra sua conta!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista coletiva nesta segunda (6), o diretor de futebol alvinegro, Duílio Monteiro Alves, confimou uma proposta enviada de 5 milhões de euros (R$ 22,7 milhões) e o enviou de uma lista com nomes de atletas para que o clube goiano pudesse pedir ter atletas para completar o negócio.

“Nós fizemos proposta oficial no início de dezembro. Oferecemos pagar o valor proporcional à multa, não compraríamos os 75% do Goiás. O Corinthians estaria comprando os 50% por 5 milhões de euros. E também oferecemos alguns atletas que pudessem interessar para a gente comprar mais percentual ou 10%, ou 15%, até 25%. Tivemos uma negativa e o Corinthians paramos aí. Entendemos que já é um valor alto. É uma aposta. É um jogador que temos um desejo grande de tê-lo aqui. mas tem limite”, explicou o dirigente.

Apesar de ser destaque do último nacional, o Corinthians vê Michael como uma aposta e entende que o valor oferecido é o limite para negociar, não entrará em leilão pela contratação e espera o Goiás decidir se tem interesse ou não de fazer negóciá-lo nos termos oferecidos.

“Tem diversos clubes interessados, propostas maiores, mas não vamos aumentar esse número. se o Goiás quiser vender para outro, paciência. A proposta era válida até o fim de dezembro, mas ainda temos interesse no jogador. Mas parte do Goiás se quiser fazer o negócio”, completou.

Em paralelo a novela Michael, a direção alvinegra trabalha com outros nomes indicados pelo novo treinador e até já fez sondagens para ter ideia de valores para futura negociação.

“Existem outros atletas que a gente olha, fizemos algumas sondagens, viramos que não era viável, outros a gente conversa. Existem outras opções que a gente trabalha forte, não podemos ficar esperando. Mas não dá para garantir que vai acontecer até sexta ou sábado”, finalizou.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS
Tiago Nunes elogia Luan e explica por que insistiu na contratação para o Corinthians
Corinthians: Lucas Piton dedica estreia no profissional à avô falecido na última semana
Alvo do Corinthians, Rhodolfo diz querer ficar no Flamengo: “Não quero escutar proposta”