Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em despedida, De Rossi declara amor pelo Boca Juniors: “Eu não achava que podia amar tanto um clube que não era a Roma”

Durante a meia-temporada com o Boca Juniors, o italiano De Rossi se encantou pela paixão do torcedor argentino e de jogar em La Bombonera

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Reprodução/Facebook Boca Juniors

Seis meses foram o suficiente para Daniele De Rossi ficar apaixonado pelo Boca Juniors. A curta estadia nos Xeneize fizeram outro clube a entrar no coração do jogador. Após a sua aposentadoria, o volante contou como foi a experiência de viver a mudança na carreira e vestir outra camisa.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Foi a única aventura da minha vida diferente do que fiz por toda a vida. Viver em Roma, vestindo a camisa da Roma e fazendo o que eu amava. Eu não achava que podia amar tanto um clube que não era a Roma. Claro que a Roma é outra coisa, é todo o meu coração, mas eu deixo o coração aqui, uma parte do meu coração fica aqui, porque, claro, vocês sabem como é o futebol aqui, como é a torcida do Boca, como é jogar dentro…Não, não sabem como é jogar, mas sabem o que significa estar na Bombonera quando o Boca joga”, disse De Rossi.

Foram poucos os momentos em que De Rossi esteve em campo pelo Boca Juniors. Devido a uma lesão muscular, o volante que atuou como zagueiro atuou em seis jogos, quatro pela Super Liga Argentina, uma partida pela Super Copa e outra pela Libertadores.

LEIA MAIS:

Manchester City domina Manchester United em pleno Old Trafford e encaminha vaga para final da Copa da Liga Inglesa

Interesse em atacante, espera de Pedro e mais: as últimas do Flamengo no mercado da bola

Vanderlei Luxemburgo comanda primeiro treinamento com bola no Palmeiras; veja como foi o treino desta terça-feira (07)