Ex-Cruzeiro e Guarani, Flamarion morre aos 68 anos vítima de câncer

Volante se destacou no Bugre e jogou na Raposa e em outros times

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Acervo Cruzeiro

O mundo do futebol está de luto. Nesta segunda-feira (27), foi anunciada a morte de Flamarion, ex-meio-campista com passagens de destaque por Guarani e Cruzeiro. O ex-atleta faleceu aos 68 anos, internado na Santa Casa de Ouro Fino (MG), enquanto se tratava de um câncer.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

O jogador surgiu no Bugre nos 60 e se tornou um dos grandes ídolos do time de Campinas, atuando entre 1968 e 1976 pela equipe alviverde e ajudando o clube a se estabelecer no cenário paulista e nacional. Em agosto de 1973, Flamarion marcou o primeiro gol bugrino em jogos de Brasileirão, num empate por 1 a 1 com o Nacional-AM.

Depois, se transferiu para o Cruzeiro, no qual atuou entre 1977 e 1979, conquistando um Campeonato Mineiro pela Raposa. Pela equipe mineira, entrou em campo em 47 jogos, anotando um gol.

Posteriormente, jogaria  no Sport e no Botafogo-SP, equipe pela qual encerrou sua carreira em 1984. Como treinador, trabalhou no próprio Guarani nos anos 90, além de outros clubes.

Os clubes pelos quais Flamarion se destacou prestaram sua homenagem ao volante. Um minuto de silêncio será prestado na partida desta segunda na partida do Campeonato Paulista entre Guarani e Santos.

LEIA MAIS

 

“Conselho de mãe”: Everton Felipe explica decisão de jogar no Cruzeiro e diz que clube é “gigante”

(Crédito da foto : Divulgação/Acervo Cruzeiro)