Günther bate Da Costa no fim e vence corrida insana da Fórmula E em Santiago

Prova na capital chilena foi marcada por muitos toque e disputa entre pilotos da BMW Andretti e da DS Techeetah até a última volta

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: FIA Formula E

Max Günther venceu neste sábado (18) o ePrix de Santiago, terceira etapa da temporada 2019/2020 da Fórmula E, disputado no circuito montado dentro do Parque O’Higgins, na capital chilena. O piloto da BMW Andretti largou da segunda posição e manteve-se entre os líderes ao longo de toda a corrida, levando a melhor em batalhas com Mitch Evans e com António Félix da Costa para triunfar pela primeira vez na categoria dos carros elétricos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A corrida teve dois momentos chaves. O primeiro aconteceu na volta 18, quando o alemão abriu ataque contra o neozelandês da Jaguar. No primeiro momento, o piloto da BMW Andretti tentou, sem sucesso, a ultrapassagem, mas conseguiu a manobra alguns metros depois. Depois, Günther travou ótima batalha com António Félix da Costa, que o superou na volta 37, antes de recuperar a liderança na 40ª e última volta.

Da Costa, que apareceu com mais destaque na corrida a partir da segunda metade da prova, precisou se contentar com a segunda colocação com o carro da DS Techeetah, terminando 2s067 atrás de Günther. Evans, líder da prova até a volta 18, completou o pódio com a Jaguar. Pascal Wehrlein, da Mahindra, fechou a corrida em quarto, sendo seguido por Nyck de Vries, quinto com a Mercedes.

Stoffel Vandoorne, da Mercedes, completou a corrida com a sexta colocação, terminando à frente de Lucas Di Grassi, sétimo após largar em 22º com o carro da Audi Sport. James Calado, da NIO, completou a corrida em oitavo, enquanto Felipe Massa, que largou em quarto e teve um incidente na volta 15, quando quase estacionou o carro para não acertar o muro, foi o nono com a Venturi. Sam Bird, que rodou com a Virgin no início da prova, completou o grupo dos dez primeiros.

A corrida em Santiago foi das mais agitadas, contando com diversos toques, como a rodada de Bird ainda no início da corrida, o incidente com Massa na disputa com Edoardo Mortara, companheiro na Venturi, e a trancada que Jean-Eric Vergne deu em António Félix da Costa, seu companheiro de DS Techeetah, quando teve um pneu furado, precisando ir aos boxes.

A próxima etapa da Fórmula E acontece no dia 15 de fevereiro, com a realização do ePrix do México, prova marcada para o Autódromo Hermanos Rodríguez, na Cidade do México.

LEIA MAIS:
Evans voa e fatura a pole em Santiago; Massa parte da segunda fila