Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Presidente da Câmara durante impeachment de Collor, Ibsen Pinheiro participou de históricas diretorias do Internacional

Presidente da Câmara durante o impeachment de Fernando Collor de Mello, Ibsen Pinheiro fez parte d’Os Mandarins e, também, da SWAT Colorada

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Na noite desta sexta-feira (24), morreu Ibsen Pinheiro. Ex-presidente da Câmara dos Deputados, o político teve vida ligada, também, ao futebol. O Internacional, mais precisamente, foi o clube que o teve como parte integrante de seu conselho diretivo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Nascido em São Borja, Ibsen Pinheiro foi jornalista e advogado. A vida pública do colorado, porém, começou a ganhar notoriedade por conta do Internacional. Eleito vice-presidente de futebol do Colorado em 1969, ele integrou uma histórica diretoria do clube. Conhecida como “Os Mandarins”, o corpo diretivo alçou o nome do Inter até a América do Sul. Os dirigentes conquistaram oito de nove títulos gaúchos entre 1969 e 1978, o tricampeonato brasileiro nos anos de 1975, 1976 e 1979, e o vice-campeonato da Copa Libertadores da América, em 1980.

O destaque no clube o levou à política. Em 1979, foi eleito deputado estadual pelo Rio Grande do Sul. Ficou na Assembleia gaúcha até 1983, quando venceu o pleito para deputado federal. Eleito presidente da Câmara Baixa em 1991, presidiu a Casa durante o processo de impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello, em 1992. No mesmo ano, Ibsen Pinheiro presidiu por um dia o país: 20 de dezembro.

Teve o mandato cassado em 1994 após ser acusado de integrar o escândalo dos Anões do Orçamento. Em 2000, porém, o caso foi arquivado pelo Superior Tribunal Federal (STF) por falta de provas. Em 2003, Ibsen Pinheiro voltou à Câmara federal.

Nova volta ao Inter

Sua vida política, porém, foi substituída pelo Internacional, mais uma vez, em 2013. Com o clube rachado internamente, foi eleito presidente do Conselho Deliberativo para assegurar a paz interna entre os conselheiros. Após cumprir seu mandato, Ibsen Pinheiro retornou pela última vez ao clube do coração em 2016. Ele foi o diretor de futebol da chamada “SWAT Colorada”, que buscava salvar o clube do primeiro rebaixamento de sua história.

LEIA MAIS
Valdir Joaquim de Morais, histórico goleiro do Palmeiras, morre em Porto Alegre aos 88 anos
Ex-comissário da NBA, David Stern morre aos 77 anos; liga posta mensagem nas redes sociais
Medalha de ouro em Jogos Olímpicos e melhor pugilista do mundo entre 1993 e 1997, Pernell Whitaker morre atropelado nos EUA