Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da Bola: Ex-Inter e Coritiba, Guilherme Parede é anunciado pelo Talleres, da Argentina

Vendido pelo Coritiba, Guilherme Parede rende aos cofres do Coxa R$ 3,4 milhões

Junior Azevedo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina, fanático por futebol e torcedor do Londrina Esporte Clube.

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter Talleres

O Coritiba acertou a venda do atacante Guilherme Parede, de 24 anos, ao Talleres, da Argentina. O clube de Córdoba anunciou a contratação do jogador nas suas redes sociais na note desta sexta-feira (31). Parede foi aprovado nos exames médicos e assinou por três temporadas com o clube argentino.

Os valores das negociações não foram divulgados, portanto, segundo o Globoesporte.com, o Coritiba vendeu 25% dos direitos econômicos do jogador por R$ 3,4 milhões. No Talleres, Guilherme Parede será comandado pelo técnico Alexander Medina. O clube ocupa a 14º colocado do Campeonato Argentino.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cria das categorias de base do Coritiba, Guilherme Parede tinha contrato com o clube paranaense até dezembro de 2022. Com a camisa do Coxa, o atacante disputou 64 partidas, sendo 46 na equipe titular. Ao todo, o jogador balançou as redes 13 vezes.

Após se destacar com a camisa do Coxa, Guilherme Parede foi emprestado ao Internacional, onde atuou por 46 partidas e marcou cinco gols. Com o final do contrato de empréstimo, o Colorado não demonstrou interesse em adquirir o jogador.

Antes de deixar o Coritiba, Guilherme Parede atuou nas duas primeiras rodadas do Campeonato Paranaense 2020. O jogador foi titular e marcou um dos gols da vitória diante do FC Cascavel, na estreia do Coxa no Estadual.

LEIA MAIS

Honda no Botafogo, Pedrinho de saída, reforço no Palmeiras e mais: as últimas do mercado da bola

Inter divulga a lista dos inscritos para a Copa Libertadores

Atacante fora do clube, apelo por Aránguiz e palavra da direção sobre Diogo Barbosa: as últimas do Inter no mercado