Nadia Lyduch não é mais treinadora de Ygor Coelho do Badminton

Em dois anos de parceria, a dupla alcançou resultados históricos

Eduardo Statuti
Estudante de jornalismo na Universidade Federal de São João del-Rei. No Torcedores desde 2019.

Crédito: Alexandre Loureiro/ COB

Ygor anunciou na última quarta-feira, 1, o fim do ciclo de Nadia Lyduch como sua treinadora. Todavia, a parceria com a dinamarquesa começou há dois anos, com o apoio financeiro dado pela Confederação Brasileira de Badminton (CBBd) e o Comitê Olímpico Brasileiro. Enquanto treinado por Nadia, o brasileiro conquistou a histórica medalha de ouro no Pan-Americano de Lima.  Além disso, o carioca chegou às oitavas de final do Mundial de Nanquim em 2018.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! 

Siga o Torcedores também no Instagram

“O meu primeiro post desse ano olímpico de 2020 vai ser para a minha eterna treinadora Nadia Lyduch. Com ela, foram 2 anos de momentos bons e momentos ruins. Eu me sinto muito sortudo e agradecido por ter você ao meu lado durante esse tempo. Conquistei uma medalha de ouro histórica para o meu país no badminton nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 e as oitavas de final do Mundial em Nanquim 2018. Muito obrigado, Nádia, por tudo e te desejo sorte nos seus próximos projetos. Você pode sempre contar comigo”, disse Ygor Coelho, que atualmente compete na Dinamarca.

View this post on Instagram

O meu primeiro post desse ano olímpico de 2020 vai ser para a minha eterna treinadora Nadia Lyduch. Com ela, foram 2 anos de momentos bons e momentos ruins. Eu me sinto muito sortudo e agradecido por ter você ao meu lado durante esse tempo. Conquistei uma medalha de ouro histórica para o meu país no badminton nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 e as oitavas de final do Mundial em Nanquim 2018. Muito obrigado, Nádia, por tudo e te desejo sorte nos seus próximos projetos. Você pode sempre contar comigo My first post of this 2020 Olympic year will be for my trainer Nadia Lyduch. With her, it was 2 years of good times and bad times. I feel very lucky and grateful to have you by my side during this time. I won a historic gold medal for my country in badminton at the Pan American Lima Games 2019 and the last 16 of the World Cup in Nanjing 2018. Thank you very much, Nadia, for all of you and I wish you luck in your next projects. ?: @abelardomendesjr / @rededoesporte

A post shared by Ygor Coelho badminton (@co3lho12) on

Ainda em 2018, a dupla conseguiu um resultado marcante na segunda rodada do Mundial de Nanquim. Embora derrotado no primeiro set, contra o indiano H. S. Prannoy, então 11º no ranking mundial da categoria, Ygor Coelho conseguiu uma vitória de virada por 2 sets a 1 (21/8; 16/21; 15/21). Além disso, o carioca alcançou o ouro no Pan-Americano de Lima em 2019. Na ocasião, o brasileiro treinado por Nadia, derrotou o canadense Bryan Yang com parciais de 21/19 e 21/10.

LEIA MAIS:

Abebe Bikila. O herói nacional etíope de pés descalços

Daniel Stewart se aposenta aos 21 anos por problemas de saúde mental