Ajax sofre desmanche menos de um ano após “assombrar” mundo do futebol com jovens e futebol ofensivo

De Jong e De Ligt já haviam deixado o Ajax, e agora Ziyech é confirmado como reforço do Chelsea para a próxima temporada

Paulo Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação/Twitter Ajax

O Ajax assombrou o mundo do futebol na temporada 2018/19. Além de dominar a Holanda, o tradicional clube chegou até a semifinal da Champions League, batendo na trave por uma grande final. Pouco meses após essa campanha história, o time se desmancha e mais um jogador irá sair: Hakim Ziyech, que fechou com o Chelsea, nesta quinta-feira (13).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Além do marroquino, que já fechou a negociação, mas vai se transferir apenas ao final da temporada, o Ajax já havia perdido peças importantes para o sucesso do clube. Frenkie de Jong foi para o Barcelona por 75 milhões de euros na última janela de verão da Europa, e Matthjis De Ligt se transferiu à Juventus, da Itália, por um valor de cerca de 75 milhões de euros, com algumas variáveis.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Ou seja, alguns titulares da marcante campanha de 2018/19 já saíram do Ajax. Nomes como David Neres, Dušan Tadić e Donny van de Beek ainda continuam no elenco, mas são frequentemente ligados a outros gigantes da Europa e podem deixar o clube em breve.

FORMA DE JOGAR

Comandado por Erik ten Hag, o Ajax demonstrou e ainda demonstra um futebol com um DNA ofensivo. Pressão alta, passes rápidos e controle de bola são características da equipe, que contava com um núcleo jovem que aos poucos vai se desmanchando.

A CAMPANHA NA CHAMPIONS LEAGUE

Na fase de grupos, ficou na segunda colocação em um grupo que tinha o Bayern de Munique, com 12 pontos. No entanto, o time holandês não perdeu jogos e terminou a fase inicial com três vitórias e três empates, incluindo dois resultados de igualdade com o gigante alemão.

Nas oitavas de final, a Europa viu de uma vez por todas um time que era diferente. Contra o Real Madrid, o clube de Amsterdam perdeu por 2 a 1 em casa, mas venceu por 4 a 1 no Santiago Bernabéu e eliminou o atual tricampeão da Champions League.

O sorteio foi impiedoso com o Ajax e colocou a Juventus como adversário nas quartas de final. Após empate por 1 a 1 na Holanda, a ofensiva e jovem equipe virou em Turim após Cristiano Ronaldo abrir o placar e mais uma vez eliminou um dos favoritos.

Na semifinal, diferentemente das outras fases, o Ajax não entrou como zebra contra o Tottenham de Mauricio Pochettino. Depois de vencer por 1 a 0 na Inglaterra e abrir 2 a 0 na Holanda, a classificação para uma surpreendente final ficou inteiramente nas mãos. Porém, Lucas Moura entrou e marcou um hat-trick com contornos históricos, impondo um resultado dolorido para os holandeses.

LEIA MAIS:

Ten Hag admite venda de Zyech ao Chelsea e comemora poder contar com o jogador até o final da temporada
Mercado da Bola: Bayern busca a contratação de Sergiño Dest, lateral-esquerdo do Ajax
Sensação do Ajax entra no radar do Chelsea a pedido de Lampard, diz jornal