Audiência termina sem acordo e Sampaoli cobra o Santos por premiação do Brasileirão

Treinador deixou o Peixe em dezembro de 2019

Ítalo Bruno
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Santos FC / Divulgação

Nesta quarta-feira ocorreu mais um capítulo da novela envolvendo o Santos e seu ex-treinador, Jorge Sampaoli. Advogados de ambas as partes estiveram na 5ª Vara do Trabalho e segundo o GloboEsporte.com, a audiência foi rápida e terminou sem acordo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

A defesa do treinador argentino, formada por Gustavo Amorim e Paulo Faia, da Amorim&Fisori solicitou que a premiação pela classificação do Santos à Libertadores seja inclusa no processo. A premiação era prevista em contrato e não foi recebida por Sampaoli. Segundo os advogados do argentino, o prazo para recebimento era até janeiro.

Após alguns minutos, as partes foram questionadas pela juíza da vara sobre um acordo, o que não ocorreu. Sendo assim, uma nova audiência ocorrerá no mês de março.

A situação

Sampaoli cobra do Santos uma quantia de R$ 10 milhões, referente a multa rescisória de seu contrato. O treinador alega que por conta de um atraso de quatro meses no recolhimento de seu FGTS, o acordo foi desfeito.

Já o Santos diz que o treinador pediu demissão no dia 9 de dezembro, um dia antes da expiração da cláusula de multa. Assim, a diretoria santista acredita que o treinador tenha que indenizar o clube. Sampaoli alega que pediu demissão no dia 11 de dezembro, quando a multa já não constava em seu contrato.

Tanto Sampaoli, como seus representantes não deram nenhuma declaração ao sair do local. Aliás, o único momento que o argentino se manisfestou durante a audiência, foi quando a juíza declarou que uma nova audiência seria marcada para abril. O treinador que espera voltar a trabalhar em breve e pediu para que fosse realizada antes, por temer não marcar presença na data solicitada.

Leia mais

Ten Hag admite venda de Zyech ao Chelsea e comemora poder contar com o jogador até o final da temporada

Thiago Heleno renova contrato por mais dois anos com o Athletico Paranaense

Atlético-MG e Tardelli entram em acordo e atacante está de volta ao Galo