Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bertozzi dispara contra presidente do Atlético após vexame na Copa do Brasil

Em menos de dez dias, Atlético deu adeus a Copa do Brasil e a Sul-Americana

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Reproducao/ESPN Brasil

Comentarista dos canais ESPN, Leonardo Bertozzi não poupou críticas ao presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, após a eliminação do Galo na Copa do Brasil. Horas depois da queda para o Afogados, em Pernambuco, o mandatário decidiu pelas saídas do técnico Rafael Dudamel e os dirigentes Rui Costa e Marques.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

Na visão de Bertozzi, Sette Câmara deveria ser o primeiro a puxar a fila das demissões. Segundo ele, o dirigente demonstra capacidade nenhuma para a presidência do clube.

“Adianta ele mandar todo mundo embora e ele ficar lá? Ele é o primeiro que deveria sair. Tudo bem que o Dudamel escalava o Di Santo, que era imperdoável, o Rui Costa gastou 20 milhões em Ramón Martínez e Lucas Hernández que não eram nem titulares, e o Marques era o pai da criança do Maicon Bolt. Tem muito pai dessa criança feia, só que o primeiro é ele [presidente]. Foi ele quem teve três diretores de futebol, seis técnicos e inúmeras eliminações vexatórias”.

Você pode ganhar uma camisa comemorativa exclusiva! Abra a sua conta meu BMG Galo!

“Falta um pouco de dignidade e sair pois você não tem condições de presidir o Clube Atlético Mineiro. Me desculpa, mas isso está bem claro. Convoca eleições e faz o que tiver que fazer”, completou Bertozzi.

Fora da Sul-Americana e da Copa do Brasil, o Atlético agora foca suas atenções no Campeonato Mineiro. No domingo, encara o Boa Esporte, em Varginha.

LEIA MAIS:

Mercado da Bola: Atlético-MG acerta empréstimo de meio-campista

Com atacante, Galo acerta a 18º saída do clube; veja a lista atualizada