Bia Zaneratto projeta sucesso no Palmeiras e não descarta permanência no clube: “Por enquanto são esses meses, mas quem sabe?”

A craque de 26 anos foi apresenta pelo Palmeiras na tarde desta quinta-feira (13) e concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol do clube

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/ TV Palmeiras

O Palmeiras apresentou, nesta quinta-feira (13), seu principal reforço para a equipe de futebol feminino. Bia Zaneratto, atacante da seleção brasileira, chega por empréstimo junto ao Wuhan Xinjiyuan, até o dia 1 de junho. A jogadora de 26 anos falou sobre as expectativas para o período em que defenderá o Verdão e também comentou sobre o momento vivido pela modalidade no Brasil.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Nova etapa

Bia assinou com o clube chinês após sete temporadas na Coreia do Sul, porém em virtude do cenário envolvendo o coronavírus, não pôde se apresentar à nova equipe, que a liberou por empréstimo ao Palmeiras até a metade de 2020. A Imperatriz, como é conhecida, destacou a alegria de vestir a camisa do alviverde e projetou sucesso no clube neste curto período:

“É uma honra vestir essa camisa. Foi uma situação atípica, estava tudo certo para ir para a China e com o coronavírus, ficou essa indefinição comigo. A felicidade dos meus familiares em ver atuar no Brasil é muito grande.  Espero fazer o melhor dentro de campo para dar alegria ao torcedor do Palmeiras. Sabemos que é o início de um projeto que começou ano passado. O time se fortaleceu muito e apesar do pouco tempo, espero contribuir e ser um diferencial para a equipe e ajudar a modalidade a crescer no país”, afirmou a atacante.

Opção pelo Palmeiras

Questionada sobre os motivos que a levaram a optar pelo Palmeiras, em meio a tantos clubes que se interessaram em contar com seu futebol, Bia Zaneratto enfatizou a qualidade do projeto e a estrutura oferecida pelo clube paulista, que, de acordo com a própria jogadora, está no caminho certo para oferecer às jogadoras, o devido suporte na modalidade:

“A visão em querer fazer a modalidade crescer. Times da grandeza do Palmeiras, investindo no futebol feminino e trazendo uma estrutura que as meninas merecem. Vejo que aqui no Palmeiras já melhorou bastante em relação ao que vivi no Brasil anos atrás. É um desafio para mim, acredito muito no projeto do Palmeiras e quero dar o meu melhor nesses meses para apresentar um bom futebol.  É um novo início, um recomeço, um momento bem marcante voltar para o Brasil quando não estava esperando e vir para o Palmeiras é muito especial para mim”, revelou a atleta de 26 anos.

Permanência no Verdão?

Em outro trecho de destaque da coletiva, a nova jogadora do Palmeiras analisou a situação do futebol feminino no país atualmente, falou sobre a importância de o período em ficará no país e deixou a torcida palmeirense esperançosa ao não descartar a possibilidade de ampliação de seu vínculo com a equipe ao fim do empréstimo:

“O Brasil abriu as portas para o futebol feminino como nunca antes. Todo mundo abraçando a causa, faz com que a modalidade cresça. É isso que o futebol feminino merece. A Pia está observando de perto o futebol brasileiro, então espero fazer um ótimo trabalho e se Deus quiser, estar em Tóquio. Inicialmente são estes meses e não posso responder porque não depende de mim, mas em breve ou mais para frente podemos ver de ficar mais tempo, finalizou Bia.

A nova estrela palestrina já vinha treinando com o grupo e pode fazer sua estreia diante da Ferroviária, seu primeiro clube profissional, neste domingo (16), em Vinhedo.

LEIA MAIS:

Presença de área, força e técnica: saiba mais sobre Bia Zaneratto, nova jogadora do Palmeiras