Comentarista da ESPN aprova ideia de gramado sintético do Palmeiras, mas diz que time não terá vantagem sobre os adversários

Gustavo Hofman disse que discussão é a mesma que passou o Athletico Paranaense

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação / Cesar Greco / Palmeiras

O comentarista Gustavo Hofman, da ESPN, rechaçou a ideia de que o Palmeiras terá vantagem sobre os adversários após a implantação do novo gramado sintético do Allianz Parque.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Durante participação no Sportscenter, o jornalista disse que o elenco terá que se adaptar ao novo piso, mas isso não dará grandes vantagens em partidas contra os rivais.

“É uma novidade para esses atletas, exige uma adaptação. Não vejo como vantagem do Palmeiras, não vejo dessa maneira. Lembro de todo aquele carnaval que fizeram com o Athletico Paranaense, mas depois que o time perdeu alguns jogos em casa acabou com a história de que tinha vantagem”, disse o comentarista, que ainda elogiou a ideia da troca no gramado, especialmente porque dará agilidade na desmontagem de eventos que serão realizados no local.

“Vai exigir uma adaptação maior do elenco, por isso, corretamente, o Palmeiras implantou um gramado assim na Academia (de Futebol) para treinar. Mas de maneira alguma é uma vantagem. Foi a melhor alternativa encontrada pelo clube e pela WTorre para dar ao Allianz um ótimo gramado. O estádio tem uma rentabilidade enorme com evento, não vai diminuir, a melhor forma para aliar tudo isso foi essa. Concordo.”

O Palmeiras fará sua estreia no gramado sintético do Allianz Parque no domingo (16), contra o Mirassol, às 16h, pelo Paulistão. Será também o primeiro jogo de Vanderlei Luxeburgo na casa palmeirense.

Leia mais:
Dedé usará período de licença para procurar novo clube e não deve mais jogar pelo Cruzeiro

Caso Jean: Em uma rede social, Milena faz acusações ao jogador: “E eu não tropecei, ele puxou o meu cabelo e começou a me esmurrar”