Torcedores – Notícias Esportivas

Cosplayers do Pará se vestem de Mortal Kombat para folia de Carnaval

O grupo Liga Cosplay Pará participou de diversos eventos durante o Carnaval com cosplayers de personagens do game Mortal Kombat

Gisele Henriques
MBA em Administração e Marketing, Pós Graduada em Jornalismo Esportivo, graduada em Licenciatura em Artes Visuais, Tecnologia em Marketing e Bacharelado em Administração, é graduanda de Direito e de Jornalismo.

Crédito: Imagem: Reprodução / Facebook

Com participações em eventos de Carnaval tanto na capital Belém quanto no Município de Vigia, o grupo de cosplayers Liga Cosplay Pará homenageou o game Mortal Kombat em seus trajes neste ano. A Liga foi reconhecida com o prêmio de melhor grupo Cosplay do Pará no Baile dos Artistas, espécie de “Oscar paraense” onde são premiados os melhores artistas do Estado.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Sabe como evoluir o Eeeve de Pokémon GO em todos os tipos? Aprenda neste link

O fisioterapeuta Brenokai Costa, 34 anos, é cosplayer a cerca de quatro anos, e explica a opção por Mortal Kombat no Carnaval: “a escolha se dá primeiro por afinidade com o tema dos trajes. Adoramos MK. Jogo de nossas infâncias. Segundo porque representa um dos grupos que mais temos cosplayers no tema. E terceiro porque foi a escolha para o (evento) Circuito Mangueirosa. Todo evento escolhemos um tema diferente”.

Ele também comenta a reação das pessoas ao ver os personagens ganhando vida através das roupas: “elas ficam loucas quando veem os seus personagens de infância em frente à elas. Todas querem interagir e no mínimo registrar com uma foto. E sempre os elogios, que deixam a gente bastante felizes”.
Breno também explica a diferença entre um cosplay e uma fantasia de Carnaval: “o cosplay não é apenas uma indumentária, é a representação de um personagem específico. Aquele personagem significa algo para você e, por isso, você capricha nos detalhes, usa seus acessórios e não apenas se veste como ele procurando o máximo possível de verossimilhança com o original, mas também o interpreta, age como ele. Uma fantasia não precisa disso, pois não é personificada, portanto não requer interpretação nem riqueza de detalhes. Pode ser feito um marinheiro, um pirata, uma fada qualquer como vestimenta de Carnaval. Cosplay, interpreta um personagem em específico: Popeye (marinheiro), Capitão Jack Sparrow (pirata), Tinkerbell (fada)”.

LEIA MAIS:

POKÉMON HOME: DETALHES SOBRE O SISTEMA SÃO DIVULGADOS 

CORONAVIRUS THE GAME CHEGA PARA ANDROID 

PRODUTOR DIGITAL ANALISA ADAPTAÇÕES DE HQS BRASILEIRAS PARA GAMES: “TURMAS DIFERENTES”