D’Alessandro iguala marca e se torna argentino com mais jogos na Libertadores; veja lista

Meia do Inter empata com Augustín Orión, no duelo diante da Universidad de Chile, pela fase preliminar do torneio

Brendo Romano
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Ricardo Duarte/Internacional

A 61ª edição da Copa Libertadores já começou com os jogos da primeira fase em disputa, e alguns jogadores entrarão para história do torneio em 2020. O duelo entre Universidad de Chile e Internacional marcará o argentino D’Alessandro. Ao pisar em campo, ele se tornará uns dos atletas com mais jogos na competição.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

O meia vai chegar às 84 partidas no torneio continental. É a mesma numeração a Augustín Oríon, goleiro de times tradicionais do futebol argentino, como Boca Juniors e San Lorenzo. Entretanto, o arqueiro nunca teve o gosto de levantar a taça e gritar “é campeão”.

Como o Internacional venceu a Universidad de Chile por 2×0, os brasileiros carimbaram vaga na fase seguinte da Libertadores. Assim, D’Alessandro vai ultrapassar Oríon e se isolar na ponta caso o argentino venha a jogar. O adversário será Macará ou Tolima.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Confira os jogadores argentinos com mais jogos na Copa Libertadores

Augustín Oríon – 84 jogos
O goleiro vestiu as cores do San Lorenzo, Estudiantes, Boca Juniors, Racing e Colo-Colo. Ele disputou um total de 84 jogos no torneio continental. Porém, o arqueiro não conquistou a taça nenhuma vez em sua carreira.

D’Alessandro – 84 jogos
O meia argentino é um dos maiores ídolos do Internacional, já passou por River Plate e San Lorenzo. Conquistou o título da Libertadores em 2010, com o Colorado. Com a classificação brasileira, vai ultrapassar o goleiro.

Clemente Rodríguez – 82 jogos
O lateral-esquerdo é um dos mais experientes jogadores que já disputaram a competição das Américas, além de ser tricampeão pelo Boca Juniors, em 2001, 2003 e 2007.

Julio César Falcioni – 76 jogos
O ex-goleiro argentino e atual técnico do Banfield, já atuou em 76 jogos na Libertadores. Porém, teve a infelicidade de ser vice-campeão em quatro oportunidades.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Lucas Pratto – 74 jogos
O experiente atacante do River Plate está nessa seleta lista com 74 jogos. Porém, o número irá aumentar quando a fase de grupos da competição se iniciar, na semana de 4 de março.

LEIA MAIS: 

River Plate pode ter portões fechados contra o São Paulo por causa de confusão na final da Libertadores de 2018