Garín desiste do ATP de Buenos Aires: “Quero chegar bem ao Rio de Janeiro”

Atleta de 23 anos alegou dores na perna após título em outro torneio argentino

Felipe Gomes da Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Facebook ATP Tour Español

Campeão do ATP 250 de Córdoba no último domingo (09), o chileno Cristian Garín, atual número 26 do mundo, anunciou sua desistência do ATP 250 de Buenos Aires, torneio que teve início na segunda-feira (10). Em entrevista concedida nesta quarta (12), o tenista alegou problemas físicos, e garantiu estar focado em sua recuperação visando o Rio Open, que será realizado na próxima semana.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Desistência de Garín

Ao explicar sua ausência no ATP de Buenos Aires, Garín revelou estar com dores na perna.

“Não estava em condições de jogar em Buenos Aires. Tenho algumas dores na perna e é arriscado competir”, disse.

Apesar do problema, o jogador mostrou confiança em rápida recuperação.

“O meu objetivo é estar saudável nas duas próximas semanas, que são importantes. Quero chegar bem ao Rio de Janeiro (Rio Open), que é um ATP 500, e ao torneio de Santiago, o mais importante do meu país”, frisou.

O português Pedro Sousa (145 do mundo) assumiu a vaga do chileno e obteve êxito em sua estreia. Em duelo de 1h50, ele venceu o argentino Díaz Acosta (471º do mundo), de virada, por 2 sets a 1. A partida teve parciais de 4/6, 6/2 e 6/3.

Outras baixas no ATP de Buenos Aires

Além de Garín, o ATP 250 de Buenos Aires conviveu com outras duas importantes baixas. Na semana passada, o austríaco Dominic Thiem (4 do mundo) e o italiano Matteo Berrettini (8 do mundo) já haviam anunciado desistência.

Apesar das ausências, a competição ainda conta com importantes nomes do tênis. Nas oitavas de final, estão garantidos Diego Schwartzman (14 do mundo), Dusan Lajovic (23 do mundo), Guido Pella (27 do mundo), Borna Coric (31 do mundo), Laslo Djere (35 do mundo), Ramos-Viñolas (42 do mundo), Casper Ruud (45 do mundo), Pablo Cuevas (48 do mundo), Juan Ignacio Londero (69 do mundo), Federico Delbonis (87 do mundo), Carballés Baena (88 do mundo), Thiago Monteiro (92 do mundo), Jozef Kovalík (129 do mundo), Facundo Bagnis (134 do mundo), Pedro Martínez (142 do mundo) e Pedro Sousa (145 do mundo).

Leia mais: Patrícia Medrado é homenageada na Fed Cup

Tênis: dois torneios ATP 250 e um ATP 500 agitam a semana do esporte