Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Harry Maguire não crê que deveria ter sido expulso após choque com Batshuayi: “Lance foi pior na TV”

Em Chelsea x Manchester United; Harry Maguire teve polêmico lance com Michy Batshuayi, mas árbitro optou por não expulsá-lo

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Sky Sports/Reprodução

O Manchester United conseguiu uma importantíssima vitória nesta segunda-feira (17). Em duelo válido pela 26ª rodada da Premier League (Campeonato Inglês) 2019/2020, os Red Devils foram até o estádio Stamford Bridge e venceram o Chelsea por 2×0. Harry Maguire marcou o segundo tento e foi o protagonista de um polêmico lance.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ainda no começo do jogo, o atleta dos Red Devils protagonizou o seguinte lance com Michy Batshuayi:

(Tradução: evidência em vídeo de Maguire chutando o atleta do Chelsea na virilha. Vermelho absoluto em qualquer circunstância)

Sobre o lance, Harry Maguire comentou. “Eu consigo entender a decisão do árbitro. Senti o impacto, sabia que isso aconteceria e senti que ele iria cair em mim. Minha reação natural foi esticar a perna para tentar segurá-lo caso ele caísse em mim. Obviamente, tenho travas na minha chuteira e, provavelmente, o lance foi pior na TV. Foi a minha reação natural. Não foi um chute intencional ou algo assim. Por conta disso, acho que o árbitro tomou a decisão correta”, confidenciou.

O lance não foi punido sequer com cartão amarelo. Isso após passar pelo crivo do VAR (sigla em inglês para Video Assistant Refferee, árbitro de vídeo). “Definitivamente. Sabia que o atingi e sabia que não tinha intenção alguma de machucá-lo ou de chutá-lo. Foi, literalmente, apenas uma reação natural para esticar a minha perna. Não foi um chute”, reafirmou.

Gol

Foi o primeiro tento de Harry Maguire pelo Manchester United na Premier League. Também foi o primeiro dele no clube de cabeça. O defensor elogiou o atleta que o serviu no lance e relembrou o primeiro gol marcado pelo clube. “Fazia muito tempo que não marcava um gol. Obviamente consegui o gol contra o Tranmere, mas estava com os pés. Perdi muitas chances neste ano e sabia que era questão de tempo voltar a marcar. Bruno Fernandes ajudou demais na grande assistência. Espero que haja muito mais entre agora e o final da temporada”, finalizou.

LEIA MAIS
Em entrevista, David de Gea cutuca Mourinho: “Solskjaer trouxe felicidade para o Manchester United”
José Mourinho pode ser demitido do Manchester United caso perca para o Chelsea, diz TV
Em entrevista, David de Gea cutuca Mourinho: “Solskjaer trouxe felicidade para o Manchester United”