Home Esportes Radicais Maya Gabeira se destaca nas perigosas ondas gigantescas de Nazaré, em mesmo dia de acidente

Maya Gabeira se destaca nas perigosas ondas gigantescas de Nazaré, em mesmo dia de acidente

Surfista brasileira mostra personalidade em Portugal e se torna um dos principais nomes da etapa; português Alex Botelho sofreu queda no mesmo dia

Manoel Rodrigues
Meu nome é Manoel Rodrigues. Gosto muito de falar e escrever sobre futebol nacional e internacional, esportes americanos, vôlei, MMA e outros. Mas acima de tudo, sou alguém que é guiado por Deus e deseja levar o reino de Deus a todas as áreas da sociedade. Esse pode ser um canal para isso.

Twitter Oficial World Surf League (@wsl)

PUBLICIDADE

A brasileira Maya Gabeira está disputando a famosa etapa do Circuito de Ondas Gigantes, em Nazaré, Portugal.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Da mesma forma, ela se tornou hoje um dos principais destaques do torneio, que já é bastante conhecido por conta das perigosíssimas ondas gigantes. Mas é um local que já é peculiar por conta deste tipo de surfe.

Assim também como ela, apenas mais uma mulher está competindo. Há um total de dezenove atletas na competição, sendo que dezessete deles são homens.

PUBLICIDADE

A previsão desta terça-feira mostrava que as ondas alcançariam as maiores ondulações já registradas na história de Nazaré. Ainda mais por elas estarem entre 50 e 60 pés, ou seja, cerca de 20 metros de altura.

O surfista português Alex Botelho neste mesmo dia, acabou sofrendo uma queda e chegou a ficar inconsciente. Ele foi atendido posteriormente no local, mas já está passando bem.

Por outro lado, ainda não houve a divulgação de nenhum resultado, mas as redes sociais dizem que Maya Gabeira foi um dos grandes destaques da competição neste momento.

PUBLICIDADE

“O The Nazaré Tow Surfing Challenge terminou e @maya foi um dos destaques. Os vencedores serão determinados a partir de uma votação dos surfistas. Fique ligado no worldsurfleague.com para atualizações!”.

Recordações de Nazaré

Em 2013, nestas mesmas ondas de Nazaré, a surfista brasileira teve um acidente e sofreu uma queda. A princípio, foi resgatada inconsciente por Carlos Burle, que estava de jet ski, ao qual foi puxada para uma praia, e socorristas a reanimaram. Ela quebrou apenas o tornozelo.

Mas em 2018, veio a redenção, aonde ela entrou no Guiness Book, ao conseguir uma onda de 20,7 metros, e assim acabou se tornando a primeira mulher a surfar uma onda ilimitada.

LEIA MAIS

PUBLICIDADE

Surfista Ítalo Ferreira pretende eternizar sua temporada 2019 em livro

Surfistas brasileiros recebem apoio do COB por Olimpíadas de Tóquio