Presidente do Palmeiras atualiza como está “briga” na Justiça com a WTorre

Clima entre empresa que administra o Allianz Parque e Verdão é mais tranquilo na gestão de Maurício Galiotte

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Allianz Parque

Não é segredo para ninguém que Palmeiras e WTorre, empresa que administra o Allianz Parque, ainda tem algumas divergências na Justiça referentes a alguns pontos no contrato de concessão do estádio. No entanto, o clima está bem melhor agora do que no início da parceria, quando os dois lados quase não tinham diálogo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Na administração do presidente Maurício Galiotte, Verdão e WTorre conversam com frequência, apesar de terem divergência ainda em alguns pontos como a

Em relação à parceria com a WTorre, tivemos um momento muito difícil em 2013 e 2014, inauguramos a arena em dezembro de 2014. Em 2015 e 2016, tivemos momentos esportivos muito bons. Temos que destacar que após a inauguração da arena, e após a chegada da Crefisa e da FAM, o Palmeiras mudou de patamar. Pouco se fala, mas esses fatos são importantes. Mudaram o Palmeiras de patamar. Temos um contrato grande, importante, existem algumas diferenças de entendimento, é fato. Entretanto, hoje temos diálogo. Alguns assuntos estamos evoluindo, outros ainda não estão maduros. Mas existe proximidade maior, uma busca de entendimento, o respeito e o diálogo. Com isso, todos ganham. Estamos trabalhando para o palmeirense“, afirmou Galiotte em entrevista coletiva para apresentação do novo gramado sintético do Allianz Parque nesta quarta-feira (12), ao lado de Luis Davantel, CFO da WTorre

Conheça mais sobre o novo gramado do estádio do Palmeiras:

LEIA MAIS: