Presidente do Sport não reponde pergunta sobre futuro de Guto Ferreira e diz ver time “desarrumado” em eliminação

Fora de casa, Rubro-Negro de Recife foi derrotado, por 2 a 1, pelo Brusque, logo na primeira partida da equipe na Copa do Brasil-2020

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/Sport Club do Recife

A Copa do Brasil já não faz mais parte do calendário do Sport em 2020. O Rubro-Negro perdeu, em Santa Catarina, para o Brusque, por 2 a 1, na última quarta-feira (12), e saiu de campo eliminado logo na primeira fase da competição. O técnico Guto Ferreira viu a pressão sobre o seu trabalho na Ilha do Retiro aumentar e acabou ficando sem o respaldo do próprio presidente do clube.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Questionado sobre a possibilidade de demissão do treinador, em caso de novo revés no sábado, quando o Leão terá pela frente o clássico contra o Náutico pela Copa do Nordeste, o presidente do Sport desconversou.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Não vou responder”, disse Milton Bivar, que afirmou ter visto no gramado o “time um tanto quanto desarrumado”. O mandatário considerou ainda que “80% dos jogadores não jogaram dentro do seu potencial”.

Veja também:

Copa do Brasil tem quatro jogos AO VIVO no SporTV, que também exibe Corinthians no feminino e Flamengo nas areias nesta quinta (13); veja

Chelsicha, tiozão do churrasco, Silvio Luiz e mais: 5 motivos para ter saudade do Rockgol