Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Tevez cobra homenagem do Boca para Maradona “foi sem igual”

O craque argentino voltará a bombonera, como técnico do Gimnasia La Plata, para enfrentar o Boca Juniors, clube no qual marcou época como jogador

Edvaldo Mateus da Silva Medeiros
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / instagram-tevezoficial

O atacante Carlitos Tevez do Boca Juniors defendeu a ideia do clube fazer uma homenagem para Diego Armando Maradona, no jogo daqui a cerca de uma semana, pela rodada final da superliga argentina 2019/2020, quando a equipe da Bombonera receberá em casa o Gimnasia La Plata, time que atualmente é comandado pelo histórico craque argentino, que jogou no Boca, e declaradamente também é torcedor do clube.

Já conhece a coluna de opinião do Torcedores.com ? Entre em https://www.torcedores.com/ e curta nosso conteúdo.

Em entrevista ao programa de rádio Súper Mitre Deportivo, Tevez elogiou o eterno 10 da seleção argentina e deixou claro a sua posição quanto ao tratamento que Dieguito merece ter na visita a Bombonera.

“Eu creio que é preciso deixar de lado muitas coisas, tirar o chapéu e deixar de ser egoístas, certo ? É óbvio que eu vou cumprimentar ele. Vou abraçar, dar um beijo, vou dar a ele a minha camisa, e tudo que ele quiser. A mesma coisa eu faria se o Román (Riquelme) estivesse lá: Temos que estar além do político.”

Clima ruim entre Maradona e a diretoria do Boca

Quando falou em estar além do político, Tevez se referiu ao clima tenso que existe entre Dieguito e a direção do Boca, inclusive com Román Riquelme, atual vice-presidente do clube, também ex-jogador e ídolo dos xeneizes. El Pibe (como é conhecido Maradona) recentemente criticou a diretoria da sua ex-equipe.

“Eles não têm a ideia do que é o clube e entraram sem estudar. E eu falo de todos, não somente de Riquelme. Eu não quero que me deem uma placa, não me interessa que me recebam.” Disse em entrevista ao canal de televisão TyC Sports

O discurso da diretoria xeneize

O atual presidente do clube, Jorge Amor Ameal, não havia demonstrado muita disposição para realização de uma possível homenagem. Mas apesar da relação abalada com El Pibe, depois do clamor dos torcedores, o conselho de futebol, composto por Marcelo Delgado, Raúl Cascini e Jorge Bermudez, considerou fazer uma placa em homenagem a Maradona.

LEIA MAIS:

“Estou seguro que vamos ser protagonistas”, afirma Coudet após classificação do Inter

“Estou seguro que vamos ser protagonistas”, afirma Coudet após classificação do Inter

Casa cheia ! Torcida do Fortaleza esgota ingressos para duelo contra o Independiente

Casa cheia! Torcida do Fortaleza esgota ingressos para duelo contra o Independiente