6 atacantes veteranos que já foram artilheiros de ao menos três competições diferentes

Nomes escolhidos têm semelhanças como idade e carreira em questão

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Vinnícius Silva - Divulgação Cruzeiro

Ser artilheiro de uma grande competição já é coisa difícil para qualquer atleta profissional, agora imagine ser de ao menos três grande competições diferentes.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O Torcedores lista seis atacantes “trintões” conhecidos do futebol brasileiro que já conseguiram tal feito:


Campeonato Brasileiro, Campeonato Japonês, Copa Libertadores (3)

O jogador está no Nagoya Grampus, do Japão, mas já admitiu o desejo de voltar ao Corinthians. Tem 33 anos.

Fred
Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa das Confederações (3)

Um dos maiores artilheiros da história do futebol brasileiro, Fred está sem clube desde que rescindiu com o Cruzeiro. Aos 36 anos, pode pintar no Fluminense.

Ricardo Oliveira
Campeonato Brasileiro, Liga dos Campeões da Ásia, Copa Libertadores (3)

O “Pastor”, como ficou conhecido, tenta recuperar seu espaço no Atlético-MG de Sampaoli. Tem 39 anos.

Paolo Guerrero
Primeira Liga, Copa do Brasil, Copa América (3)

Único gringo da lista, o peruano segue como o grande nome do elenco do Internacional aos 37 anos.

Magno Alves
Campeonato Brasileiro, Campeonato Japonês, Liga dos Campeões da Ásia, Copa do Nordeste, Brasileirão Série B (5)

Interminável, Magno Alves supera todos os nomes da lista em idade e já passou para o time dos “quarentões”. Aos 44 anos, segue em atividade pelo Atlético-BA.

Luís Fabiano
Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Libertadores, Copa dos Campeões, Copa Libertadores, Copa do Rei, Campeonato Chinês – 2ª divisão, Copa das Confederações (8)

Prestes a completar 40 anos, Luís Fabiano segue sem jogar desde que deixou o Vasco, em 2017, com uma lesão grave no joelho. O atacante garante que ainda não aposentou e pode pintar em algum clube.

Os artilheiros da lista foram escolhidos por terem carreiras mais longevas no futebol e por terem atingido clubes de níveis mais parecidos. Campeonatos estaduais não foram levados em consideração, já que internacionalmente não são calculados em sites estatísticos. Todos têm mais de 30 anos.

Leia mais:
Com coronavírus, dirigente do Flamengo faz apelo, diz que “quadro é seríssimo” e revela que foi dispensado de hospital em primeira consulta