Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ceni recusou propostas do exterior, diz presidente do Fortaleza

Rogério Ceni está na sua terceira temporada à frente do clube cearense

João Pedro Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Marcelo Paz, presidente do Fortaleza Esporte clube, comentou sobre a continuação de Rogério Ceni no clube em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, que vai ao ar na noite deste sábado (7).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Presidente do Tricolor, Paz disse que o ex-jogador do São Paulo e atual treinador do Fortaleza recusou propostas do futebol do exterior na metade de 2019 para poder continuar no Leão do Pici.

“Ele tem mercado para os grandes clubes nacionais, foi procurado até pelo futebol internacional antes de ir para o Cruzeiro. Recebeu propostas da Turquia e dos Estados Unidos e nunca quis usar as propostas para conseguir algo.”, comentou o mandatário.

Entretanto, mesmo recusando propostas de fora do país, Ceni não permaneceu no Leão. O técnico de 47 anos acabou acertando sua ida ao Cruzeiro em agosto de 2019, fato esse que, surpreendeu o presidente do Fortaleza.

“Eu não esperava a saída dele para o Cruzeiro. Ele me ligou angustiado e me contou que precisava responder a proposta. Ele deu o treino, conversamos muito sobre tudo, sobre o Fortaleza, sobre questões pessoais. Foi uma conversa de altíssimo nível, sem discussão. E ele viu que aquele momento poderia ser um passo importante na carreira dele. Eu coloquei para ele, com todo respeito ao Cruzeiro, que poderia não ser uma boa naquele momento a ida para lá. Até mais tarde infelizmente culminar com o rebaixamento”, finalizou.

Em outro ponto da entrevista, Marcelo Paz revelou que quase contrata outro ídolo do futebol brasileiro antes de Ceni, no fim de 2017. A procura de um treinador após Antônio Carlos Zago deixar o clube, o presidente teve conversas com Paulo Roberto Falcão. Ele era treinador favorito para assumir o clube até surgir o nome de Ceni.

“Eu estive com o Falcão antes de estar com o Rogério. Nosso treinador que subiu era o Zago (Antônio Carlos Zago), carinho enorme por ele. Ele então voltou para o Juventude e ficamos sem treinador. Aí eu recebi um convite para ir até Porto Alegre falar com o Falcão. Quase no mesmo dia, via Bosco (ex-goleiro do São Paulo), soube que o Rogério estava indo para Fortaleza para participar de uma palestra. O Bosco fez o meio-campo para conversarmos. Eu tive uma conversa maravilhosa com o Falcão, mas não tivemos um acerto com ele por questões salariais. Aí conversamos com o Rogério e deu tudo certo. Os dois foram muito em paralelo.”, revelou Paz.

Rogério Ceni comanda o Fortaleza desde o começo de 2018. O treinador multicampeão pelo clube cearense só esteve presente do comando técnico durante agosto e setembro de 2019, quando aceitou a proposta do Cruzeiro e foi treinar o time mineiro. Ceni já coleciona 122 jogos à frente do Leão, sendo campeão da Série B 2018, Campeonato Cearense 2019 e Copa do Nordeste 2019, além de classificar o time para a Sul-Americana 2020,  a primeira competição internacional do Fortaleza, com a melhor campanha do clube em pontos corridos (53 pontos na 9ª colocação).

LEIA MAIS:

As lições que ficam da doída eliminação do Fortaleza na Copa Sul-Americana