Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Coronavirus: Volta de Ciclismo dos Emirados Árabes Unidos é cancelada

A descoberta de dois casos de Covid-19 entre os atletas que competiam resultou no cancelamento das duas últimas etapas do torneio

Raffa Carolina
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Twitter @TeamUAEAbuDhabi

Na quinta-feira (27), um grupo de ciclistas e comissão técnica foi isolado em um hotel de Abu Dhabi após autoridades locais de saúde suspeitarem de que todos contraíram o Coronavirus. Os atletas participavam da tradicional Volta de Abu Dhabi, que ocorre anualmente nos Emirados Árabes Unidos. A organização do evento decidiu cancelar a competição, mesmo faltando apenas duas etapas para o encerramento.

De acordo com informações do jornal espanhol Marca, dois dos suspeitos de terem a doença são italianos e fazem parte da equipe UAE Team Emirates. O restante do grupo passa por diversos exames para detectar eventuais novos infectados.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Segundo informações divulgadas pela imprensa local, todos os estrangeiros vão passar por exames nos próximos dias. Havendo a confirmação de mais algum caso de Coronavirus, a pessoa ficará em isolamento preventivo, por 14 dias.

No continente asiático, além da China, a Coreia do Sul e os Emirados Árabes são os países mais atingidos pela infecção do Coronavirus. Nos Emirados Árabes foram 14 casos confirmados, apenas atrás do Irã, que já teve 19 mortes confirmadas por conta da doença. No total, já foram confirmados 83 mil casos, em 50 países, com 2.858 mortes.

Além do ciclismo, 94 jogos de futebol e outras competições esportivas foram canceladas, em uma tentativa das autoridades de evitar a circulação do vírus entre atletas e público.

LEIA MAIS

Com Dudamel demitido, metade dos técnicos estrangeiros trazidos em 2020 já caiu

Há sete anos, Casemiro dava primeiro passo para ser dono do meio-campo do Real Madrid

Kokorin é emprestado ao Sochi, onde deve jogar pela primeira vez desde que saiu da prisão