Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Felipe Nasr fará prova de abertura da Indy pela Carlin

Felipe Nasr fará GP de São Petersburgo pela equipe inglesa

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Divulgação/Twitter

O automobilismo brasileiro recebeu uma inesperada notícia na tarde dessa terça-feira, 10 de fevereiro: a Carlin anunciou que Felipe Nasr fará o GP de São Petersburgo, etapa de abertura da Fórmula Indy, previamente marcada para o próximo dia 15 de março. As informações são do site Grande Prêmio.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O piloto brasiliense de 27 anos, só está escalado, previamente para a corrida da Flórida e carregará o número 31 no bico do carro. Nas outras etapas do calendário, o time não declarou qualquer outra informação. O inglês Max Chilton fará 13 corridas, em circuitos mistos, e deixará todas as pistas ovais, exceto Indianápolis, para o norte-americano Conor Daly. Vale lembrar: essa não é a primeira vez que a Carlin tem Nasr, entre seus pilotos. Em 2013 e 2014, a dobradinha foi vista na antiga GP 2, atual Fórmula 2.

Com a estreia na Indy, Felipe se torna o primeiro piloto brasileiro a correr nas três principais categorias de monopostos do mundo juntando sua experiência de Fórmula 1 (Sauber) e Fórmula E (Dragon Speed).

Nasr foi a grande esperança brasileira na F1 dos últimos anos, mas passou apenas dois anos na categoria. Com a Sauber, teve uma primeira temporada sólida com direito a uma estreia em quinto na Austrália, mas sofreu com o time suíço em 2016, anotando pontos apenas na penúltima etapa, na corrida de casa em Interlagos.

Após deixar a F1, Nasr buscou se reinventar em outras categorias, se destacando especialmente no endurance. O brasileiro foi campeão do SportsCar em 2018 e ficou com o vice em 2019. Em 2020, tenta seu segundo título.

LEIA MAIS

Sette Câmara será piloto reserva de Red Bull e AlphaTuri na Fórmula 1 em 2020