Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Diego Hypolito apoia adiamento de Tóquio-2020: “Decisão muito sensata”

Evento, que aconteceria de 24 de julho a 9 de agosto na capital japonesa, será disputado em 2021

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/Diego Hypolito

Ainda sem uma nova data, apenas confirmado que será em 2021, o Comitê Olímpico Internacional (COI) adiou a Olimpíada de Tóquio-2020 nesta terça-feira (24). O motivo é a pandemia mundial do novo coronavírus. A decisão foi aprovada por Diego Hypolito.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Achei muito sensata. Temos que pensar agora na saúde dos atletas. Os atletas também não se prepararam para os Jogos Olímpicos. Principalmente na proliferação do vírus, se tivéssemos os jogos agora neste período em que ainda não conseguimos uma solução, uma vacina para amenizar e controlar essa pandemia mundial, teríamos riscos para todos os atletas brasileiros, mundiais e vidas estariam em risco. Então, eu super apoio, concordo que os jogos sejam em 2021. Não temos ainda a data definida, mas são mais de 300 mil casos mundialmente. No Brasil são mais de 2 mil casos, 35 pessoas em óbito. Então, é muito arriscado a gente pegar e ter as nossas vidas aí. Acho que os atletas agora têm que se resguardar e treinar dentro de casa”, disse, em vídeo, o ginasta brasileiro.

O início das competições estava marcado para 24 de julho, com a cerimônia de abertura. Já o evento paralímpico começaria em 25 de agosto.

Leia também:

Coronavírus: clube italiano permite curtos deslocamentos ao elenco após fim do período de isolamento

Ex-atacante da seleção da Inglaterra inicia isolamento após contato com filho que apresenta sintomas do novo coronavírus