Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Lamar Jackson processa Amazon por supostas falsificações de produtos

Quarterback alega que loja tem vendido cópia direta de seus apelidos e personalidade

Samuel de Brito
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Shawn Hubbard/Baltimore Ravens

Lamar Jackson, MVP da última temporada da NFL, está processando a Amazon, de acordo com informações da TMZ Sports. O jogador alega que alguns fornecedores terceirizados no site da empresa estão vendendo camisas e moletons de sua marca, de forma ilegal.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O quarterback teve uma temporada brilhante em 2019. Não à toa, caiu na popularidade dos fãs da modalidade nos Estados Unidos. Por isso, adotou apelidos e frases, colocando-os em roupas próprias com apelidos.

Lamar Jackson afirma que viu camisas da “Lamarvelous” e da “Action Jackson” e moletons “Not Bad For A Running Back”, entre outros itens, e que todos são produtos falsos. “Usam seu nome, semelhança, imagem e personalidade para obter ganhos comerciais sem permissão”.

Agora, o quarterback diz que os supostos itens falsificados estão acabando com a capacidade de obter lucros. Ele alega que a Amazon está confundindo o público e fazendo pensar que ele está envolvido com os vendedores. Isso o teria causado danos irreparáveis​.

Com isso, de acordo com a publicação, Lamar Jackson quer que a empresa arque com as consequências por prejudicar o valor de sua marca. O jogador pede uma indenização cujo valor não foi divulgado.

LEIA MAIS