Pietro Fittipaldi será piloto reserva da Haas na Formula 1

Jovem brasileiro já possui superlicença, documento obrigatório para correr na categoria, e pode ser utilizado na Formula 1 caso a equipe solicite

Brendo Romano
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Haas

O piloto brasileiro Pietro Fittipaldi assinou contrato com a equipe Haas para ser piloto reserva na Formula 1. O jovem já possui a superlicença, documento que é exigido para os pilotos competirem na modalidade, ele pode correr caso os titulares Romain Grosjean e Kevin Magnussen não possam correr.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Em 2016, a equipe americana se juntou a Formula 1, e Pietro integra o time desde o fim de 2018, quando passou a correr como piloto de testes do time. Nesse período, Fittipaldi atuou em sete sessões de treinos e percorreu uma distância de 2.000 Km.

Caso passe a competir, Pietro Fittipaldi será o quarto integrante da família na Formula 1. Nunca houve uma família que teve quatro representantes na história da categoria. Além do bicampeão de 1972 e 1974, Emerson, participaram da F1 o tio-avô Wilsinho (1972 a 1975) e seu filho Christian (1992 a 1994).

“Pietro se provou ao longo de sua carreira e, obviamente, pudemos trabalhar com ele nos últimos 12 meses muito de perto” disse Gunther Steiner, chefe da Haas, para o Facebook da equipe. “Temos o prazer de confirmá-lo como piloto reserva e de teste da Haas e continuar esse relacionamento. Seu trabalho na pista nos testes e no simulador foi, sem dúvida, valioso, pois enfrentamos nossos desafios na última temporada e estamos empolgados por continuar apresentando a ele mais oportunidades para expandir seu relacionamento com a equipe em 2020, quando voltarmos ao trabalho”.

Atualmente, como as provas estão suspensas pela pandemia de coronavírus, o brasileiro segue trabalhando no simulador da equipe, na Itália. O suíço Louis Deletraz também foi confirmado como piloto reserva e de testes.

Além de Pietro Fittipaldi, outro brasileiro assinou contrato para ser piloto reserva na Formula 1. Trata-se de Sérgio Sette Camâra, que é terceiro piloto de testes da RBR e Alpha Tauri.

LEIA MAIS SOBRE FORMULA 1

“Chefão” da Haas entende que Pietro Fittipaldi deve continuar na equipe

Leclerc analisa fim de contrato de Vettel na Ferrari: “Não acho que isso vai desestabilizá-lo”

Max Verstappen e Lando Norris se batem novamente em corrida virtual