Se no Audax não deu, no Oeste quase rolou: MC Livinho já chegou a treinar pelo Rubrão

Funkeiro paulista chegou a fechar com o Audax, mas voltou atrás pouco antes de ser apresentado. Em 2019, participou de um período de testes no Oeste de Itápolis, tentando realizar o sonho de ser jogador de futebol

João Pedro Nascimento
Colaborador do Torcedores.com.

O funkeiro MC Livinho, que seria apresentado pelo Audax, de Osasco, nesta terça-feira (10), acabou optando por seguir sua carreira na música devido à dificuldade de conciliar sua profissão atual com a de jogador de futebol, seu sonho de criança. No entanto, não foi a primeira vez que o paulista tentou se aventurar como atleta profissional: em 2019, Livinho passou por um período de testes no Oeste, também de São Paulo, mas as negociações para se tornar jogador da equipe não se concretizaram.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Oliver Decesary Santos, o Livinho, possui 25 anos e é figurinha carimbada nas “peladas” de fim de ano, promovidas por jogadores de futebol que estão em período de férias, e costuma se destacar atuando na posição de atacante. Durante o período de testes no Oeste, agradou à diretoria por sua técnica e, principalmente, pela disposição demonstrada e o empenho em tornar o sonho realidade. Quem conta é Mauro Guerra, diretor de futebol da equipe, em entrevista ao Globoesporte.com.

— Ele teve uma boa passagem pelo Oeste. Dois detalhes: ele tem qualidade e está muito afim de jogar futebol. É um fator importante, porque ele é determinado e isso faz diferença. Não ficou conosco porque tinha agenda lotada e escolheu seguir a carreira. Ele quer ser jogador, isso é muito positivo.