Tua Tagovailoa aparece treinando e anima equipes da NFL

O QB que vai participar do Draft 2020 da NFL passou por uma cirurgia complicada no quadril durante sua última temporada no College Football

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores.com que cobre os esportes americanos.

Crédito: Instagram do jogador

O final da última segunda-feira (23) trouxe uma surpresa para a National Football League (NFL) e todos seus fãs e torcedores. O QB terceiro anista de Alabama, Tua Tagovailoa, postou em suas redes sociais vídeos treinando lançamentos e movimentações. Em Novembro, durante a temporada do College Football, Tua sofreu uma lesão grave no quadril. O jogador precisou ser removido da partida contra Mississipi State e ser operado as pressas. Mesmo assim, ele é tido como o segundo melhor de sua posição para o Draft de 2020 da NFL, atrás somente de Joe Burrow, de LSU.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Treinando para o Draft

Sem comparecer ao Combine da NFL, Tua viu rumores sobre sua lesão aumentarem. O QB então, decidiu postar um vídeo na última segunda-feira (23). Além de executar alguns lançamentos, ele fez exercícios de movimentação e mostrou velocidade em todos. Veja o vídeo abaixo:

Ver essa foto no Instagram

Tua’s working 💪 (via @tuamaann_)

Uma publicação compartilhada por NFL (@nfl) em

Histórico de Lesões de Tua preocupa a NFL

Quando um jogador sai do universitário para a NFL, toda sua carreira passa por um scanner das 32 franquias. São analisados diversos fatores positivos e negativos. E isso inclui lesões dos jovens durante sua carreira. Além da lesão grave no quadril, Tua teve outros problemas. Foram eles:

  • Em 2018, durante o Spring Trainning de Alabama, o QB quebrou o dedo indicador ao colidir a mão com um jogador de linha ofensiva. Ele precisou passar por cirurgia;
  • Ainda em 2018, em Outubro, mais uma lesão. Porém, o entorse no joelho não foi algo preocupante e ele seguiu jogando normalmente;
  • Um mês depois, a terceira lesão. Durante a partida contra Mississipi State, ele sofreu uma lesão no quadríceps.

  • Para fechar a temporada, ele machucou o tornozelo esquerdo durante a final do College. Ele precisou sair da partida e o sinal de alerta apareceu para as franquias da NFL;
  • Em 2019, a primeira lesão veio contra Tennessee. Mais uma vez seu tornozelo esquerdo. Além de perder a partida, ele teve que passar por uma mini cirurgia e perdeu uma partida;
  • Para encerrar sua carreira no College Football, ele teve a grave lesão, novamente contra Mississipi State.

Por mais que somente uma das lesões tenha sido considera grave, foram seis lesões em dois anos. E isso, sem dúvidas, deixa as franquias da NFL preocupadas.

LEIA MAIS