Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Você conhece tudo sobre a carreira de Michael Schumacher? Faça o teste!

Schumacher entrou para a história do automobilismo com inúmeros recordes. Que tal testar seus conhecimentos sobre a trajetória do ex-piloto alemão?

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

Devido à pandemia do coronavírus e de modo a conter a disseminação do contágio pela infeccção, a orientação de médicos e profissionais de saúde é pelo isolamento social, ou seja, permanecer em casa o máximo de tempo possível para evitar a propagação da doença. Sendo assim, aproveite o momento de quarentena para testar seus conhecimentos sobre a trajetória de um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos, o alemão Michael Schumacher.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Recordista em voltas mais rápidas, vitórias, pontos marcados, maior número de campeonatos e dono de sete títulos mundiais, além de ter sido o único piloto da categoria mais importante do automobilismo mundial a terminar entre os três primeiros colocados em todos os Grandes Prêmios disputados em uma mesma temporada.

Esse é Michael Schumacher, 51 anos. O primeiro a superar em títulos o lendário argentino Juan Manuel Fangio. O corredor que, ao conquistar seu terceiro título mundial na Ferrari, encerrou um longo jejum de 21 anos da escuderia italiana. E considerado no meio da Fórmula 1 um dos maiores estrategistas de corridas. Mas agora é com você:

Em 29 de dezembro de 2013, Schumacher sofreu um grave acidente enquanto praticava esqui nos Alpes Franceses. O ex-piloto alemão bateu com a cabeça fortemente numa pedra e teve traumatismo craniano que o levou ao coma, mesmo usando capacete.

Sua assessoria de imprensa comunicou em junho do ano seguinte que ele havia deixado o estado de coma, porém, depois disso, muito pouco de concreto se falou sobre sua condição clínica. Em setembro de 2019, o jornal francês “Le Parisien” informou que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 foi submetido à um tratamento experimental com células-tronco e que não respirava mais por aparelhos.

LEIA MAIS

Fernando Alonso diz que vai decidir se correrá o Rally Dakar após o verão europeu

Ex-chefão da F1, Ecclestone afirma que se ainda estivesse no cargo cancelaria temporada 2020

Coronavírus no esporte: siga AO VIVO as últimas atualizações