Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

WWE libera Superstars de viagens e lutas por conta do coronavírs

WWE também já ordenou o cancelamento de alguns shows a fim de evitar a propagação do coronavírus

Vinícius Rodrigues Alves
Advogado por formação, roqueiro de criação e escritor por opção!

Crédito: Reprodução/WWE

As ações no combate ao coronavírus seguem ocorrendo nos Estados Unidos.

A WWE, a fim de evitar a propagação da doença no país decidiu pelo cancelamento de alguns de seus Live Events. Além disso, é provável que os próximos shows sejam realizados e transmitidos diretamente do Performance Center e sem a presença de público.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

Tal medida já pôde ser vista durante o SmackDown, realizado na última sexta-feira (13). No show que será transmitido nessa segunda (16) o procedimento também será adotado.

Na Live Event de hoje do Raw, lutadores como “Stone Cold” Steve Austin, Undertaker e AJ Styles estão confirmados.

Além disso, a WWE comunicou suas super estrelas que elas estão livres para viajar ou não até o Performance Center, escolhendo se querem ou não participar do show. A medida já foi adotada pela companhia rival da WWE, a All Elite Wrestling.

John Pollock, do POST Wrestling contou que a WWE informou a seus astros que, caso não estejam confortáveis em viajar e lutar, podem optar por não fazer e não participar nos próximos eventos.

Disse ainda que podem ficar em casa sem receio de sofrer algum tipo de repercussão, como punições ou falta de pushes.

No entanto, ainda não há a confirmação se tal opção se estende a todos os contratados da WWE, uma vez que vários de seus lutadores são peças importantes para o seguimento “Road to WrestMania.

LEIA MAIS

Kevin Lee admite parada na carreira depois de derrota no UFC Brasília

Lutador brasileiro Demian Maia diz que aposentadoria no UFC está próxima