Zico diz que Renato Gaúcho está preparado para ser o próximo técnico da Seleção

Para ele, Tite precisa mudar seu conceito sobre futebol para não cair na mesmice

Zeca Amorim
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução Facebook

Zico foi o entrevistado do programa FOX Sports Rádio desta terça-feira. Entre os assuntos, o ídolo falou sobre Flamengo, Jorge Jesus, e também que caso Tite deixe o comando da seleção, Renato Gaúcho é o mais indicado para assumir o cargo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Sobre a Seleção, Zico diz que se Tite não mudar seu pensamento, seu conceito sobre futebol, ele vai cair na mesmice.

“É uma seleção que eu vejo hoje em dia, sem ânimo. Eu vi os últimos jogos e a seleção tava muito apática, parecia que os jogadores estavam lá por obrigação. A seleção é alegria, é vontade, gana, é amor, é prazer. Não importa se você tá jogando contra a Alemanha, ou contra a Seleção do Rio de Janeiro. Quando eu vestia a camisa da seleção eu dava o meu máximo, e parece que tá faltando isso. Dá impressão que não há cobrança, o Tite precisa mudar esse espírito.”

Perguntado se ele concordava com a declaração de Rivelino, que se caso o Tite saísse, Renato Gaúcho era o mais indicado, Zico concordou com o seu amigo, dizendo que o técnico do Grêmio está preparado para esse cargo.

“No caso de uma saída do Tite, eu concordo com o Riva, eu acho que o   Renato é o mais indicado, e é uma valorização de um cara, que fez por onde. Ralou, conquistou e tá aí, mantendo uma equipe com padrão, com qualidade, com um futebol bonito de se vê. Agora se não tivesse ninguém, lógico que Jorge Jesus era um nome. Eu jamais fui contra um treinador estrangeiro aqui no Brasil, sendo em clube ou na seleção, mas tendo um técnico  bom, aqui no nosso país, eu acho que a preferencia é um brasileiro, principalmente de quem vem com um retrospecto vitorioso, como Renato Gaúcho.”

E falando sobre o técnico português, Zico falou da importância de Jorge Jesus para o Flamengo.

“Eu acho que esse comando de Jorge Jesus, encaixou em todos os momentos  de todos os jogadores. Tem jogadores que já estavam no Flamengo, mas que não estavam naquele ritmo que que se esperava. As cobranças no Flamengo são muito grandes. Acho que o grande valor que Jesus fez, foi fazer os jogadores entenderem o que é o Flamengo, o que representa jogar no Flamengo.

E você vê o respaldo que a torcida dá. Em todos os jogos, o Maracanã fica cheio, mesmo quando o rubro-negro enfrenta times pequenos, o Estádio lota com 60, 70 mil pessoas, e só não tem mais, por que não tem espaço, senão teria mais torcedores.” enfatizou Zico.

E claro, que não podia faltar a pergunta de sempre, afinal o Flamengo é heptacampeão Brasileiro ou não? Zico foi enfático, afirmando que sim.

“O Flamengo na minha concepção é heptacampeão. Você lembra dos resultados dos jogos do Sport contra Flamengo, Fluminense, Corinthians, Vasco, Botafogo, Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras, Santos? Você lembra o resultado desses jogos? Não vai lembrar né? Por que não existiu. E na cabeça do Brasil inteiro, esses times são da primeira divisão ou da segunda? É aquela coisa, a gente sacaneia Portugal, mas você vai contar lá que um time da primeira divisão tinha que disputar  um título com um de segunda? Eles vão achocalhar o Brasil Né?”

“Infelizmente aconteceu uma bagunça. A CBF não quis fazer o Campeonato, depois que viu que deu frutos, decidiu fazer no meio da competição um sistema meio doido. Naquele jogo da final entre Guarani e Sport, ninguém sabe o que aconteceu, enquanto a decisão do Flamengo contra o Internacional todo mundo viu. Como eu não vou então me sentir campeão?”. Afirmou o ídolo rubro-negro.

LEIA MAIS:

Presidente da Federação Espanhola de Futebol quer encerramento das competições no país