11 contratações ruins da equipe do São Paulo

Jogadores não renderam o esperado no São Paulo, fizeram poucas partidas e tinham altos salários

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: site oficial do São Paulo

O São Paulo é conhecido por fazer boas vendas de atletas, principalmente quando são garotos da base, mas o tricolor também faz diversas contratações que não rendem nada ao clube, muito pelo contrario, trazemos aqui algumas dessas contratações “ruins” do time do Morumbi.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Negueba

Revelado no Flamengo, surgiu no clube carioca como jogador, mas chegou ao São Paulo machucado e demorou quase oito meses para fazer a estreia com a camisa do tricolor, em um ano de clube, o atacante fez apenas 5 jogos e não marcou nenhum gol.

Clemente Rodrigues

O lateral chegou ao São Paulo em 2013 e permaneceu até 2015, nesse período todo, disputou apenas 3 partidas com a camisa do clube, sendo expulso logo em sua estreia.

Marcelo Cañete

O argentino chegou ao clube em 2011, com status de novo Riquelme, mas se machucou em seus primeiros jogos com a camisa do clube. Depois nunca mais teve uma sequência e acabou emprestado para outros times como Portuguesa, Náutico e São Bernardo.

Dorlan Pabón

O colombiano chegou credenciado por sua passagem pelo Atlético Nacional e pelo Valência – ESP, o jogador se destacava por sua velocidade e potência no chute, mas ficou apenas 6 meses no Tricolor, disputou 18 jogos e marcou apenas 2 gols.

Jonathan Cafu

Chegou ao clube em 2015, após uma boa temporada pela Ponte Preta, Cafu permaneceu apenas 7 meses no Tricolor, disputou 12 jogos e marcou 2 gols. Apesar da não titularidade foi vendido ao Ludogorets Razgrad.

Wesley

O meia que veio do Palmeiras em 2015 e não foi titular na equipe, além de tudo o jogador ganhava um dos maiores salários do São Paulo na época, por fim o clube e o jogador se acertaram e rescindiram o contrato.

Kieza

Chegou em 2016 para ser o substituto de Luis Fabiano, mas o atacante jogou apenas 2 partidas, incompletas e foi negociado com o Vitória.

Lúcio

Após um sucesso incrível no futebol Alemão e Italiano, o zagueiro chegou como esperança e como novo xerife da zaga do São Paulo em 2013. Mas disputou apenas 32 jogos e se envolveu em uma serie de polêmicas e acabou afastado por Paulo Autuori. O momento mais lembrado dele no São Paulo é os dribles que o Neymar deu nele em um clássico.

Jucilei

Jucilei chegou ao São Paulo em 2017, por empréstimo e fez boas partidas e no final do ano o tricolor decidiu comprar o jogador por definitivo, mas o jogador não voltou a jogar bem, e se tornou um reserva de luxo, além de tudo o jogador recebia um dos maiores salários da equipe. Nesse ano, São Paulo e Jucilei chegaram a um acordo e rescindiram o contrato.

Welligton Nem

O jogador que havia se destacado no Figueirense e Fluminense, estava no Shakhtar Donetsk e chegou ao tricolor por empréstimo. A expectativa em cima do jogador era alta, mas o atleta não correspondeu em campo e foi uma grande decepção.

Ivan Piris

Ivan Piris, lateral paraguaio que veio para o São Paulo com status de ”melhor lateral da América do Sul”, mas no tricolor não jogou nada , ficou marcado por ter levado um baile do Neymar na semifinal do paulista de 2012.

LEIA MAIS:

5 jogadores que jogaram no Londrina e você não sabia

8 jogadores com passagens recentes por Santos e Flamengo

Ronaldinho autografa camisa do Grêmio na saída da cadeia

3 clubes que Mané jogou que talvez você não saiba