Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

5 ex-jogadores brasileiros que treinaram equipes onde são ídolos

Como jogadores, os nomes listados foram unanimes em seus clubes, mas como treinador, nem todos tiveram sucesso

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução

A identificação com os clubes, fazem com que ex-jogadores de futebol tentem a carreira como treinador na equipe onde foram ídolos, mas nem sempre tem o mesmo sucesso, um exemplo disso é Rogério Ceni em sua primeira passagem como treinador do São Paulo. ex-jogadores brasileiros que treinaram equipes onde são ídolos.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

 

Rogério Ceni

Maior ídolo da história do São Paulo, Rogério Ceni jogou no tricolor por mais de 20 anos, se aposentou em 2015. Passou um tempo estudando e depois e em 2017 o ex-jogador se tornou técnico da equipe, porém, não teve o mesmo sucesso. Ceni ficou no comando técnico do time em apenas 13 jogos e foi demitido no mesmo ano.

Tcheco

Tcheco teve grande destaque no time do Grêmio, mas foi no Coritiba que o jogador se tornou ídolo. Após ser vice-campeão da Copa do Brasil com o Coritiba em 2012, o atleta anunciou sua aposentadoria dos gramados e passou a trabalhar nos bastidores do coxa. E, em 2013 o ex-jogador assumiu o comando do time paranaense.

Renato Gaúcho

Um dos mais importantes técnico do futebol brasileiro, o ex-camisa 7 do Grêmio é um dos maiores ídolos da equipe. O treinador teve sucesso na equipe gaúcha tanto como jogador quanto como treinador. Renato está no tricolor desde 2016 e já conquistou uma Copa do Brasil e uma Libertadores.

Romário

Em 2007, após a demissão de Celso Roth, Romário foi anunciado como técnico do Vasco da Gama. Em seu jogo de estreia, venceu o América-MEX, pela Copa Sul-Americana. Ele ficou no banco de reservas, mas no decorrer da segunda etapa entrou em campo. Porém, a carreira de Romário como treinador do Vasco, não durou muito tempo, saiu do clube antes da final do Carioca de 2008, por divergências com Eurico Miranda.

Fernandão

Campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes, Fernandão se aposentou em 2011 após passagem pelo São Paulo. O ex-atacante jogou no Internacional por quatro anos, mas foi o suficiente para se tornar ídolo do clube. Depois de se aposentar do futebol, Fernandão assumiu funções administrativa no colorado, mas em 2012 ele se tornou técnico do time.

LEIA MAIS:

5 atletas que foram jogador e treinador ao mesmo tempo

Por onda andam os jogadores do Corinthians  que perderam para o Tolima

Por onde andam os jogadores do Náutico que disputaram a batalha dos aflitos

As melhores notícias de esportes, direto para você