Alemanha, Flamengo e até aposentadoria: por onde andam os jogadores que foram rebaixados com o Inter

William, que era o lateral-direito do Inter de 2016, deu entrevista nesta semana mostrando carinho ao clube

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Ricardo Duarte/Inter

De Yokohama a Edson Passos. Foi desta maneira, traçando dois momentos completamente distintos da história do Inter, que o então dirigente de futebol Fernando Carvalho foi aos microfones após o 1×1 contra o Fluminense, em 2016, citando dois locais emblemáticos: o do título mundial de 2006 e o do rebaixamento dez anos depois.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Por onde andam os jogadores que fizeram parte do trágico rebaixamento inédito do colorado? Um deles é o lateral-direito William, vendido ao Wolfsburg, da Alemanha, com quem tem contrato até 2022. Em entrevista nesta semana à Rádio Atlântida, o atleta admitiu ter o desejo de um dia voltar ao clube do Beira-Rio:

“Um dia eu vou voltar para o Inter. É minha casa, mas está um pouco longe. Ainda tenho algumas coisas para ganhar na Europa”, revelou o lateral, que trata uma lesão ligamentar no joelho em Porto Alegre.

A escalação colorada da partida contra o Flu pela rodada derradeira do nacional de 2016 teve:

Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Alex (Andrigo); Anselmo, Rodrigo Dourado, Anderson e Valdívia (Gustavo Ferrareis); Vitinho (Ariel) e Nico López.

Aposentados

Dos 11 iniciais naquela abafada tarde do Rio de Janeiro, dois já se aposentaram. Após aquele campeonato, o meia Alex – campeão da Libertadores e do Mundial em 2006 – foi informado de que não fazia mais parte dos planos. Deixou o clube e resolveu se aposentar anos depois após não ter tido, neste tempo, uma proposta que fosse do seu agrado.

Caso semelhante viveu o meia Anderson. Em setembro do ano passado, sem muitos anúncios ou cerimônias, encerrou a trajetória como profissional no Adana Demirspor, da Turquia. Ceará, que foi titular em alguns jogos daquela campanha, também parou.

Flamengo

Vitinho foi um dos poucos jogadores do Inter poupados pela torcida pelo rebaixado. Não fosse seus gols, é bem possível que o clube tivesse caído até antes da rodada final.

Atualmente, ele é reserva de luxo do badalado elenco do Flamengo, que conta com nomes de peso no ataque como Gabigol, Bruno Henrique, Pedro e Michael.

Veja onde foram parar, jogador por jogador, os que foram rebaixados com o Inter

Danilo Fernandes – continua no Inter

William – Wolfsburg, da Alemanha

Paulão – Fortaleza

Ernando – Bahia

Alex – encerrou a carreira

Rodrigo Dourado – continua no Inter

Anselmo – Al Wehda, da Arábia Saudita

Anderson – encerrou a carreira

Valdívia – Avaí

Vitinho – Flamengo

Nico López – Tigres, do México

Ariel – Querétaro, do México

Andrigo – CSA

Ferrareis – Atlético Goianiense

O trágico Fluminense 1×1 Inter

Além de precisar vencer a sua partida, algo que não aconteceu, o Inter ainda contava com uma derrota do Sport para o Figueirense, na Ilha do Retiro, que também não ocorreu. O último gol colorado naquele ano foi de Gustavo Ferrareis.

LEIA MAIS:

Jael revela os dois grandes amigos feitos no Grêmio e promete torcida eterna: “Sou e sempre serei um gremista”

Daronco mira Copa do Mundo, diz o que faria na briga do Gre-Nal e elogia D’Ale e Maicon: “Não falam todo o tempo”

Ídolo dos colorados, Taison reforça vínculo com o Inter e ainda acrescenta: “Meu sonho é voltar e ganhar do Grêmio”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram