Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

TV Globo vai reprisar final da Copa das Confederações de 2013; saiba quando

Globo seguirá reexibindo jogos históricos da seleção brasileira

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Rafael Ribeiro - CBF

Após as finais de 2002, 2005 e 1994, a Rede Globo exibirá uma decisão mais recente do Brasil. No próximo domingo (3 de maio), às 16h, o duelo contra a Espanha, pela Copa das Confederações de 2013, será reprisado pela emissora. Na ocasião, o time de Felipão venceu com autoridade por 3 a 0 o duelo disputado no Maracanã, garantindo o título do torneio.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O confronto foi disputado em 30 de junho de 2013. Jogando em casa, a seleção brasileira teve uma apresentação impecável. Com dois gols de Fred e um de Neymar, o troféu foi levantado no estádio. Sendo assim, os torcedores ficaram esperançosos para o Mundial do ano seguinte.

Na partida, David Luiz se consagrou com um lance marcante de sua carreira. Após finalização de Pedro, Julio Cesar foi vencido, mas o zagueiro tirou a bola em cima da linha. Dessa forma, acabou sendo aclamado e foi essencial para a conquista.

A transmissão contará com narração original de Galvão Bueno. Além disso, Luis Roberto e Roger Flores comandam um pré-jogo de 15 minutos. Julio Cesar e Xavi, que estiveram na decisão, também vão participar com depoimentos sobre o jogo.

FICHA TÉCNICA – BRASIL 3 x 0 ESPANHA

Data: 13 de junho de 2013

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Bjorn Kuipers (HOL)

Assistentes: Sander Van Roekel (HOL) e Erwin Zeinstra (HOL)

Público: 73.531 presentes

Cartões amarelos: Arbeloa, Sergio Ramos (ESP)

Cartão vermelho: Gerard Piqué (ESP)

Gols: Fred, aos 2’/1ºT; Neymar, aos 44’/1ºT; Fred, aos 2’/2ºT

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes – 42’/2ºT) e Oscar; Hulk (Jadson – 27’/2ºT), Neymar e Fred (Jô – 34’/2ºT). Técnico: Felipão