Kaká elogia planejamento do São Paulo e time de Fernando Diniz: “Vai dar certo”

Melhor do Mundo eleito pela FIFA em 2007 e revelado pelo São Paulo, Kaká concedeu entrevista à SPFCTV e falou sobre o atual momento da equipe

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Campeão do Torneio Rio-São Paulo 2001, Kaká tem sua imagem no Brasil muito ligada ao São Paulo. Eleito Melhor Jogador do Mundo pela FIFA em 2007, o ex-atleta concedeu uma entrevista ao à SPFCTV, canal do clube no Youtube. No “Arquibancada de Casa”, quadro idealizado pelo clube durante a pandemia do coronavírus, o ex-Milan e Real Madrid mostrou estar atento ao Tricolor. Tanto que elogiou Fernando Diniz, atual técnico da equipe.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ao ser perguntado sobre o atual momento do São Paulo, Kaká elogiou o treinador e o planejamento do clube. “Estou gostado bastante e gostei muito de terem mantido o Diniz. Achei isso muito importante. Você termina o Brasileiro e já há questionamentos: ‘Manda embora’. O futebol é extremamente imediatista nos dias de hoje. Não, vamos manter. Vamos deixar ele continuar plantando porque acreditamos que vamos colher. E quando estávamos começando a colher alguns frutos, teve essa pausa. Mas sem problema. Os jogadores já estão entendendo. Leva um tempo para processar ideia, filosofia e jeito do treinador de jogar e tudo mais. Mas estou gostando e vai dar certo”, afirmou.

Histórico

Pelo São Paulo, ao todo, foram 78 jogos e 25 gols – tudo isso em duas passagens pela equipe. Depois do SPFC, foram duas passagens pelo Milan e uma pelo Real Madrid até o final da carreira, em 2017, no Orlando City. Atuando de 2002 a 2016 pela Seleção Brasileira, Kaká fez 92 jogos e marcou 29 gols com a camisa canarinho.

LEIA MAIS
Rogério Ceni surpreende: “Fiz o mesmo trabalho no Fortaleza e no São Paulo”
Bruno Alves celebra boa fase no São Paulo: “Melhor ano da carreira”
No Twitter, São Paulo comemora 25 anos do bicampeonato Mundial de Clubes