NFL: GM dos Panthers fala de motivos para dispensar Cam Newton

Após a chegada de Teddy Bridgewater no Carolina Panthers, a franquia da NFL dispensou Cam Newton, que estava desde 2011 com a equipe da NFC Sul

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores.com que cobre os esportes americanos.

Crédito: Instagram Cam Newton

Nove anos após ser selecionado pelo Carolina Panthers no Draft da National Footaball League (NFL), Cam Newton foi dispensado. Abrir mão de um QB que cuidou de sua franquia não é uma das decisões mais fáceis de se fazer. E o General Manager do Panthers confirmou isso. Durante entrevista a ESPN americana, Matt Hurney falou sobre dispensar Cam Newton. Segundo ele: “Foi uma das decisões mais difíceis de se tomar”.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Mudança no QB do Carolina Panthers

Durante a Free Agency, vários contratações mostraram o que seria o futuro do time da Carolina. Porém, nenhuma delas teve mais impacto que a chegada do quarterback Teddy Bridgewater. Após um bom ano como reserva no New Orleans Saints, ele voltará a ter chance de comandar um ataque. Ele assinou por 3 anos, por 60 milhões de dólares.

Após a contratação, a permanência de Cam Newton nos Panthers já era praticamente descartada. E, dias depois, sua dispensa foi confirmada. Porém, o GM da franquia ainda acredita no potencial do QB, jogue onde jogar.  “Não tenho dúvidas de que ele jogará bem. Ele é um grande quarterback e todos nós vimos o que ele fez.”

Sobre a decisão de mudar de QB, ele também falou durante a entrevista a ESPN: “Penso que, à medida que avançamos, pensamos que este era o momento certo para nós. Vimos a oportunidade de pegar Teddy e realmente sentimos que ele era o certo.”, declarou. Bridgewater terá que se adaptar a um elenco totalmente novo, mas terá um rosto familiar para te ajudar. O coordenador de ataque do Carolina Panthers é Joe Brady. Na NFL, eles trabalharam juntos nos Saints em 2018.

“Não quero falar muito de Cam de maneira negativa, porque tenho muito respeito por ele e pelo jogador que ele é e pelo jogador que ele definitivamente continuará sendo”, disse Rhule. “Para mim, foi apenas que, no final do dia, você precisa tomar uma decisão sobre o que faremos no futuro”, finalizou.

LEIA MAIS