Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Wenger e Mourinho são os melhores técnicos que trabalhei, diz Fàbregas

Cesc Fàbregas aponta Arsene Wenger e José Mourinho como os dois melhores técnicos que ele já trabalhou

Rafael Vieira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Facebook As Mônaco

O jogador de 32 anos teve uma carreira brilhante e repleta de títulos. Foram 12 troféus, sendo o principal a conquista da copa do mundo de 2010 pela Espanha. Desses títulos, 4 foram sob o comando de Pep Guardiola.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram.

Quando questionado em sua live no Instagram sobre qual seria o melhor técnico de sua carreira, o jogador foi bastante objetivo, respondendo: “Wenger e Mourinho”.

Pep Guardiola e Vicente del Bosque surpreendentemente não foram mencionados. Vale observar que Fàbregas não foi unanimidade no Barcelona de Pep e nem na Espanha de del Bosque.

Carreira de Fàbregas

Fàbregas começou sua carreira profissional no Arsenal, em 2004. Aos 16 anos, o jogador já estava no elenco dos Gunners, porém só participava de jogos da Copa da Liga. Após alguns anos de clube, Wenger fez Fàbregas se tornar o capitão do Arsenal, porém seu status não foi por muito tempo, já que logo depois ele foi transferido para o Barcelona.

O meio campista chegou no Barcelona após o título da Champions League conquistada contra o Manchester United pelo placar de 3 x 1. Em sua primeira temporada na Catalunha, Fàbregas jogou apenas 23 dos 38 jogos da La Liga e viu o Real Madrid conquistar o campeonato.

Após três temporadas no Barça e um desempenho abaixo do esperado, Fàbregas voltou ao futebol inglês, só que desta vez o seu destino era o Chelsea.

“Eu tinha o Manchester City, United e depois conversei com Mourinho – o que eu achava que nunca aconteceria. Para ser sincero, depois que saí da sala com Mourinho, eu disse ‘é isso, não preciso falar com mais ninguém, vou para o Chelsea’. O que ele me disse, o time que ele queria formar, o que ele pensava de mim, como ele queria que eu jogasse, era isso que eu queria”, disse o jogador sobre sua transferência para o Chelsea.

Durante sua passagem pelos Blues,  Fàbregas conquistou 4 troféus, sendo dois deles a Premier League. Em janeiro de 2019, o meio campista foi transferido para o Mônaco, onde permanece até hoje.

LEIA MAIS:

Mesut Özil não tem futuro no Arsenal, dispara Arshavin 

Messi foi o jogador mais difícil que enfrentei, diz Van Dijk