Comunicado sobre redução salarial, Andreas Pereira presenteado e mais: veja as notícias do Santos nesta quinta (14)

Nesta quinta-feira, o Santos se manifestou publicamente sobre a redução salarial para os jogadores do elenco profissional

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Peixe enviou uma nota oficial para esclarecer a polêmica envolvendo a redução salarial dos jogadores e Muricy Ramalho apontou dois motivos para o jejum de títulos do Alvinegro. Confira essas e outras notícias do Santos nesta quinta-feira (14).
Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
www.facebook.com/TorcedoresOficial

Santos envia camisas personalizadas para Andreas Pereira, que agradece: “Muito obrigado pelo presente”

O Santos enviou camisas personalizadas de presente para o meia Andreas Pereira, do Manchester United, da Inglaterra, que já declarou diversas vezes ser torcedor do Peixe.

Muricy aponta dois fatores para o Santos estar em jejum de títulos e analisa trabalho de Jesualdo

Em entrevista ao Lance!, o ex-treinador Muricy Ramalho afirmou que um dos motivos para o Santos estar em ‘seca’ de títulos é a falta de sequência de trabalho para os treinadores que passam pelo clube.

10 jogadores que atuaram no Santos e talvez você não vai se lembrar

O Torcedores.com separou uma lista com 10 jogadores que atuaram pelo Santos neste século e talvez você não se lembre.

Nota do Santos contraria Peres e diz que corte salarial poupa 60% do clube

Em nota oficial, o Santos esclareceu que segue negociando com os jogadores uma redução salarial, espera chegar em um denominador comum com os atletas do time profissional e valorizou o fato de que, os empregos dos funcionários que ganham menos de R$ 6.100, foram preservados.

Advogados do Santos justificam corte e mantêm negociações: “O clube está fazendo o que pode”

Advogados do Santos justificaram a redução salarial em 70% e admitiram que o clube corre o risco de vê atletas entrarem na Justiça com o pedido de rescisão contratual, já que o corte nos vencimentos foi feito sem a aprovação do elenco.