Conheça o campeonato dinamarquês, que retorna nesta quinta-feira

Perto do final da primeira fase, campeonato dinamarquês volta com líder isolado na tabela e brasileiro em destaque

Gabriel Girardon
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Evander, ex-Vasco, é um dos destaques do Midtjylland, líder do Campeonato Dinamarquês (Reprodução/Twitter FC Midtjylland)

Após o retorno da Bundesliga em 16 de maio e das ligas da República Tcheca e Hungria no último fim de semana, outro país terá a volta do futebol. Nesta quinta-feira (28), o campeonato dinamarquês retoma sua disputa. Aarhus e Randers se enfrentam em jogo atrasado da 24ª rodada. A partir de sexta-feira, todas as demais equipes voltam a jogar.

O campeonato dinamarquês tem uma fase inicial simples. Composta por 14 equipes, a competição é realizada em turno e returno, totalizando 26 jogos. Ou seja, até a paralisação por conta do coronavírus, faltavam somente duas rodadas. Após isso, dois grupos são criados, entre os seis primeiros e os oito últimos colocados.

Daí em diante, são disputadas mais dez partidas no grupo dos melhores do campeonato. Isto é, as seis equipes se enfrentam entre si em dois turnos. O campeão tem vaga nos playoffs da Champions League, enquanto segundo e terceiro vão para as preliminares da Europa League.

Quer ter vantagens exclusivas nas principais casas de apostas? Cadastre-se na VCreditos

Desde 1991, o campeonato dinamarquês vive uma nova era. Foi criada a Superliga, adotando um novo formato. De lá para cá, 29 edições foram disputadas. Considerando apenas esse período, o FC Copenhague é o maior vencedor, com 13 títulos. O segundo com mais conquistas é o Brondby, com seis, mas que não levanta a taça desde 2005.

O destaque mais recente é o FC Midtjylland. Nos últimos cinco anos, conquistou os dois títulos de sua história, além de um vice. Na atual temporada, a equipe lidera com folga. São 62 pontos, 12 a mais que o Copenhague. Em campo, um dos destaques é o meia Evander, ex-Vasco. Até o momento, o camisa 10 tem sete gols marcados na competição.

Na sequência da tabela vem Aarhus (40 pontos), Brondby (39) e Nordsjaelland (38), dono do melhor ataque com 46 gols. Na parte de baixo, o pior é o Silkeborg, com apenas 15 pontos somados e a defesa mais vazada – 51 gols sofridos.