Não foi só Tite! Corinthians é recordista em ceder técnicos para a seleção brasileira

O Torcedores.com relembra outros casos em que a seleção brasileira ‘roubou’ técnicos do Corinthians

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/CBF

Hoje em dia, é muito difícil que um treinador crie vínculo com uma equipe de futebol. As passagens são curtas e na maioria das vezes, a ‘conta’ das derrotas ficam só com os comandantes. E quando o técnico tem sucesso, ainda se corre o risco dos mercados internacionais ou seleção brasileira, o levarem embora. E dá pra dizer, que um dos clubes que mais sofrem com isso, é o Corinthians.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

No caso específico da seleção brasileira, o Timão é quem mais cedeu técnicos à CBF. Ao total foram quatro comandantes que saíram do Corinthians, direto para a seleção.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Lembra de todos eles?

O primeiro caso foi em 1998, quando Luxemburgo comandava o super time do Corinthians que ganharia o Brasileirão dos próximos dois anos, e foi convidado para ser o técnico da seleção brasileira. Ele conciliou o cargo por um tempo, mas logo teve que priorizar a ‘amarelinha’.

Apenas quatro anos depois, Parreira fazia grande trabalho no clube alvinegro, onde ganhou o Rio-São Paulo e a Copa do Brasil. Felipão que tinha ganhado o penta, não ficaria no cargo e então o técnico do tetra seria o alvo. Espaço aberto para mais um treinador do Corinthians ir para a seleção brasileira.

Já em 2010, Dunga havia perdido a Copa do Mundo daquele ano, e também não se manteria no cargo. Advinha onde a CBF foi buscar seu novo treinador? Sim, no Corinthians mais uma vez. Mano Menezes tirou o Timão da Série B e ainda ganhou dois títulos em 2009. Com esses feitos, se credibilizou para assumir o Brasil.

E mais recentemente, o aniversariante do dia e ídolo do Timão, foi o escolhido para comandar a seleção brasileira. Assim como Mano Menezes, Tite assumiu a ‘amarelinha’ no lugar de Dunga, que havia ficado com o cargo novamente, após a Copa de 2014. Em 2016, o ex-volante da seleção foi demitido do seu posto, e Tite, que pra variar também comandava o Corinthians, foi o escolhido.

Outras equipes que cederam técnicos para a seleção brasileira

Logo atrás do Corinthians, temos Palmeiras e Cruzeiro, que perderam dois comandantes para a seleção. O Verdão ‘cedeu’ Oswaldo Brandão em 1975 e Telê Santana em 1980. Já a Raposa viu Felipão assumir a Seleção em 2001 e Carlos Alberto Silva em 1987.

 

LEIA MAIS
Tite, Luxemburgo e mais: saiba quem são os 10 técnicos que mais comandaram o Corinthians