10 jogadores que gritaram ‘é campeão’ pelo Santos e você nem lembra

Alvinegro teve nomes marcantes em elencos vencedores durante sua história, porém alguns nem tão famosos assim

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ricardo Saibun / Santos FC

O Santos tem uma história bastante rica, principalmente no que diz respeito a títulos. São oito Brasileiros, uma Copa do Brasil, três Libertadores, dois Mundiais, 22 Campeonatos Paulistas, entre outros. Com direito a jogadores que marcaram o nome na história do clube.

Entretanto, houve também aqueles atletas que não fizeram tanto sucesso assim. Pelo contrário, muitos dos torcedores sequer se lembram. Por isso, separamos uma lista do alvinegro que tiveram o gosto de gritar “é campeão”, mas não são tão lembrados. É o caso do aniversariante desta quinta-feira (14), Renatinho.

Confira campeões pelo Santos que você não lembra

1) Renatinho – Revelado nas categorias de base do Santos, muitos tinham a expectativa que fosse uma espécie de “novo Robinho”. Só que ele nunca conseguiu corresponder dentro de campo. Ainda assim, foi duas vezes campeão do Paulista, em 2006 e 2007.

2) Geilson – Permaneceu no alvinegro entre 2005 e 2006. Ficou marcado ao decidir um clássico contra o Corinthians, mas também por estar no elenco alvinegro campeão do Paulista em 2006. Saiu da Vila Belmiro para jogar no futebol da Arábia Saudita.

3) Léo Lima – O meio-campista teve uma rápida passagem de 24 jogos com a camisa do Santos. Foi suficiente para também fazer parte do elenco de 2006 campeão Paulista. Deixou o clube com três gols marcados.

4) Rodriguinho – Poucos torcedores se lembram do volante. Ele chegou ao alvinegro após chamar atenção no Guarani. Atuou em 27 partidas e marcou duas vezes. Esteve presente na nova geração de Meninos da Vila com Neymar e Ganso que conquistaram Paulista e Copa do Brasil, em 2010.

5) George Lucas – O nome é de importante cineasta, mas também tem seu nome como um vencedor em título pelo Santos. Utilizado em quatro partidas, esteve no elenco campeão do Paulista, em 2010. Talvez sua passagem foi encurtada por conta de grave lesão sofrida.

6) Luciano Castán – Irmão de Leandro Castán, foi emprestado pelo União São João, de Araras, ao alvinegro para o Campeonato Paulista de 2010. Fez parte do elenco campeão daquele ano. Entretanto, retornou ao time do interior após apenas um jogo disputado.

7) Zezinho – Tido como um jogador bastante promissor, não conseguiu emplacar no Santos. Foram 16 partidas ao longo da temporadas, mas dois títulos extremamente importantes no currículo: o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil de 2010.

8) Luciano Henrique – O meia teve uma passagem sem grandes marcas com a camisa do alvinegro. Foram 23 jogos no total e apenas dois gols marcados. Entretanto, fez parte do elenco campeão paulista em 2006.

9) Charles – A verdade é que o volante ficou mais marcado pelo tempo fora devido às lesões do que em campo. Ainda assim, esteve em um elenco pra lá de especial do Santos. Chefiado por Neymar e Paulo Henrique Ganso, conquistou o Campeonato Paulista e a Libertadores de 2011.

10) Patito Rodríguez – O argentino tinha mais carisma que futebol, essa é a realidade. Só que ele se tornou também um “parça” de Neymar. Apesar de passagens apagadas pela Vila Belmiro, ainda assim faturou a Recopa Sul-Americana de 2012 e o Campeonato Paulista de 2016.

LEIA MAIS
DO RAIZ AO UNIVERSITÁRIO: SAIBA O TIME DOS CANTORES SERTANEJOS