Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jornalista elogia postura do Palmeiras na pandemia: “Está melhor agora do que com a bola rolando”

Palmeiras tem tido uma posição de acordo com as autoridades de saúde em relação à volta do futebol

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

A posição do Palmeiras sobre a volta do futebol durante a pandemia do novo coronavírus tem chamado atenção do jornalista Arnaldo Ribeiro, que elogiou a postura do clube paulista.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Segundo o jornalista, as atitudes do Verdão durante a pandemia faz o clube ser o que mais ganhou com crise e tem se tornado um exemplo no futebol.

“O Palmeiras, de alguma forma liderou esse movimento em São Paulo até agora para a volta conjunta, uma volta mais solidária, uma volta na mesma data. Mais do que isso, foi o clube de São Paulo que desde o início, na questão de cortes nos seus investimentos, digamos assim, ele não priorizou cortar pelos mais necessitados, ele manteve os incentivos às categorias de base, ao futebol feminino, aos funcionários, não demitiu e ainda, em nota oficial, mostrou os cortes nas altas patentes nos salários como exemplo, então o Palmeiras foi virando exemplo nessa coisa toda, é o contraexemplo”, disse Arnaldo durante o podcast Posse de Bola, do Uol Esporte.

“As coisas no Palmeiras estão respingando a favor, o Palmeiras está melhor agora do que com a bola rolando. E essa discussão toda de atitudes de dirigentes e tal, conchavos, pressões, ela fica muito mais evidente quando a bola não está rolando, quando não está tendo jogo. O Palmeiras nessa pandemia, por enquanto, é o clube mais vencedor. Pelas atitudes todas, inclusive essa mais solidária em São Paulo com os seus rivais mais necessitados, porque São Paulo e Corinthians hoje são”, completou.

Além disso, o jornalista citou que a aproximação de outros clubes com o presidente Jair Bolsonaro durante a crise tem ajudado a tirar a ligação do Palmeiras com o presidente, que esteve presente na entrega da taça de campeão brasileiro em 2018 e gerou muita repercussão.

“Aquela aproximação do presidente da República que força a volta do futebol e, digamos, tem uma rejeição grande hoje em dia pela forma que está tratando a pandemia, aquela aproximação simbolizada pelo presidente levantando a taça em pleno Allianz Parque naquele Campeonato Brasileiro, ela ficou um pouco mais distante, ela foi diluída. O presidente que sempre gostava de vestir a camisa do Palmeiras e está vestindo as camisas de outros clubes, outros clubes estão batendo na porta do presidente”, afirmou Arnaldo.

LEIA MAIS: