Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Meio-campista comenta especulações envolvendo Palmeiras, Fla e Atlético

 

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Foto: Cesar Greco

Nas últimas duas temporadas, Gregore foi um dos grandes destaques do Bahia sendo líder em desarmes no Campeonato Brasileiro. Mineiro de Juiz de Fora, o jogador de 26 anos despertou a atenção de alguns dos principais clubes do país, como Flamengo, Palmeiras e Atlético.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

No Palmeiras, especificamente, o técnico Vanderlei Luxemburgo teria indicado sua contratação. Entretanto, a pandemia do coronavírus acabou paralisando não apenas o futebol, como também o mercado de transferências.

“Chega pouca coisa para mim, então eu acabo acompanhado como todo mundo pela rede social e imprensa. Fico feliz em ver meu nome estar no meio dos grandes clubes, mas hoje eu fico feliz também por defender um clube que é muito grande, que é o Bahia. Então minha cabeça está aqui, pretendo fazer o máximo possível para conseguir um título muito grande. Se tiver que acontecer a gente vai fazer da melhor maneira”, disse Gregore em entrevista ao canal Canal Bahêa, no YouTube.

Bahia

“O que eu soube de concreto e que chegou para mim foi a dos Estados Unidos. As outras foram especulações. Vejo notícias através das redes sociais, mas não chegou nada mais para mim que eu pudesse escolher entre ficar ou não. Aqui, chegou e que tive ciência foi a dos Estados Unidos”

Jogar no Palmeiras facilitaria a realização de objetivos?

“Acho que não. Aqui no Bahia, se eu continuar me destacando vou conseguir meus objetivos. O Bahia é muito grande também,  mas se aparecer uma oferta do Palmeiras que for boa para mim e para o clube, assim como falei antes, a gente vai fazer da melhor forma e eu vou sair pela porta da frente”, concluiu.

Gregore tem 124 jogos pelo Bahia e contrato até 2021. O clube detém 90% dos direitos do jogador.

LEIA MAIS: