Peres elogia Marinho, do Santos, mas diz que críticas criam polêmicas desnecessárias e pede paz

O atacante Marinho está descontente com a redução salarial em 70% para os jogadores do time profissional do Santos

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

Após o atacante Marinho ter feito críticas para a diretoria do Santos por causa da redução salarial em 70% para funcionários que ganham acima de R$ 6.100, o presidente José Calos Peres respondeu o camisa 11 do Peixe e disse que o clube precisa de paz.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
www.facebook.com/TorcedoresOficial

Respondendo torcedores no Instagram, Marinho afirmou que não recebe do Santos salário há quatro meses e, se fosse por dinheiro, disse que já estaria fora do clube da Vila Belmiro. Peres afirmou que provavelmente ele está reclamando do atraso no pagamento do direito de imagem e acredita que a forma de se comunicar do jogador cria uma polêmica desnecessária.

“É a questão do direito de imagem que ele provavelmente reclamou. O Marinho é um bom garoto. Torcida gosta muito do Marinho. É que é jeito do jogador. A forma dele se comunicar às vezes cria polêmica desnecessária. O que mais a gente precisa no momento é paz”, explicou o presidente do Santos, em entrevista à ESPN Brasil.

Em crise financeira, que se agravou com a pandemia do coronavírus, o Santos decidiu reduzir em 70% os salários dos funcionários que ganham acima de R$ 6.100 para os próximos três meses. Os atletas do elenco profissional alegam que o acordado entre as partes era por uma redução de 30% e ficaram irritados com a medida adotada pela diretoria do Peixe.

LEIA MAIS:

Marinho desabafa no Instagram e diz que não recebe do Santos salário há quatro meses; Peres tenta apaziguar os ânimos

Hoje na Europa, Menino da Vila pensa em voltar ao Brasil no futuro e prioriza o Santos: “Clube do coração”

Jesualdo se esquiva sobre polêmica da redução salarial no Santos: “Não vou comentar isso fora do clube”

Santos: Peres planeja negociar Veríssimo na próxima janela de transferências: “Ele merece”